Cidadeverde.com

Deputado Evaldo Gomes deverá ser o presidente da CCJ


Deputado Evaldo Gomes deverá ser novo presidente da CCJ, e com o aval do palácio de Karnak

 

O deputado Evaldo Gomes (PTC) deverá ser o novo presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Piauí. O entendimento foi adiantado pelo líder do governo na Alepi, deputado João Deus, em entrevista ao Acorda Piauí, hoje pela manhã, na Rádio Cidade Verde.

A CCJ é considerada a mais importante das comissões técnicas do Legislativo, já que todas as matérias que tramitam pela Assembleia precisam do parecer desse colegiado. Normalmente, a CCJ é a comissão que mais merece atenção do governo – de qualquer governo –, que se empenha em ter na presidência um aliado. Isso porque o presidente da comissão tem papel determinante na tramitação das matérias, já que é diretamente responsável pelo agendamento (ou não) dessas matérias. Traduzindo: pode ajudar muito; ou atrapalhar.

A escolha de Evaldo Gomes – e ainda mais que revelada pelo líder do governo – termina por explicitar o alcance do acordo do PTC com o governo Wellington Dias. Nas mudanças de secretariado negociada nestas últimas semanas pelo governador, o PTC será agraciado: caberá ao partido a Coordenadoria de Crédito Fundiário – que deixa de ser diretoria da SDR e ganha autonomia financeira. E também a presidência da CCJ. Evaldo chega ao potsto, portanto, com o aval do Karnak.

Outra comissão que tem nome praticamente certo é a de Finanças, que será presidida pelo peemedebistas Severo Eulálio. Severo também atende aos interesses do governo. Basta lembrar, até agora ele era presidente precisamente da CCJ, que passa ao comando de Evaldo.

A definição dos integrantes do conjunto de comissões técnicas ainda não foi concluída porque depende dos partidos ou grupos de partidos. Há distribuição proporcional ao tamanho do partido ou bloco. Falta ainda o PSDB decidir quem será seu líder, ou se estará no bloco com o PDT de Robert Rios – neste caso, o líder seria Robert.

Toda essa definição em torno das comissões só deve ser finalizada depois do carnaval, quando serão formalizados os membros e, principalmente, os dirigentes de cada comissão.