Cidadeverde.com

Robert Freitas é mais um que deixa o PSB e vai para o PMDB


Robert Freitas: saindo do oposicionista PSB para o agora governista PMDB

 

O grupo do ex-deputado e ex-prefeito Robert Freitas está se encaminhando para ser mais um que deixa o PSB e encontra acomodação no PMDB. A mudança é também um indicativo da troca de lado, saindo da oposição para o governo, o que implica no apoio à reeleição do governador Wellington Dias (PT).

Robert poderá não trocar de sigla imediatamente, mas já está certo que seu filho Robert Freitas Junior, o Bob, assinará ficha no PMDB. O candidato a deputado estadual que deverá receber o apoio de Robert Freitas em José de Freitas, nas eleições do próximo ano, é o peemedebista João Madison.

Em entrevista ao programa Acorda Piauí, da Rádio Cidade Verde, Robert revelou que seu grupo está satisfeito com a atenção que vem recebendo tanto de Madison como do presidente da Assembleia, Themístocles Filho. E diz que deseja ficar onde é bem tratado.

Adiantou que essa boa relação se estende ao governador Wellington Dias. Lembra que já votou em Wellington em outras eleições e que tem grandes possibilidades de fazer o mesmo em 2018.

A saída do grupo político de Robert Freitas do PSB se junta a outras perdas da sigla socialista. A reforma que levou o PMDB para dentro do governo, por exemplo, resultou na posse do suplente Ismar Marques, que é filiado ao PSB. Mas Ismar já está comprometido com o PMDB. A filiação, no entanto, vai esperar a janela de março do ano que vem.

Outro que vai queixar o PSB pelo PMDB é o prefeito de Luís Correia, Kim do Caranguejo. Kim tem ligação pessoal e política com Themístocles Filho e deve fazer parte da série de adesões que o PMDB programa para os próximos meses.