Cidadeverde.com

Demitido por Firmino pode ganhar cargo na Câmara


Vereador Jeová Alencar: prestes a nomear um dos peemedebistas demitidos por Firmino Filho

 

A polêmica entre o prefeito Firmino Filho (PSDB) e o PMDB de Themístocles Filho provocou a demissão dos dois peemedebistas – James Guerra e Ricardo Rego Monteiro – que faziam, parte do primeiro escalão da administração municipal de Teresina. Mas pelo menos um deles deve ser agraciado rapidamente com um cargo tranquilizador. E, se não houver contratempos, deve ganhar um cargo precisamente na Câmara Municipal.

Na Câmara, já se dá como certa a indicação de Ricardo Rego Monteiro para um cargo de assessoria de Jeová Alencar (PSDB), o presidente da Câmara. Vale lembrar, foi a antecipação da eleição de Jeová que provocou toda a desavença entre Firmino e Themístocles, já que o Palácio da Cidade enxerga a direta participação do deputado na articulação. E como Ricardo foi indicação de Themístocles, pagou com o cargo que ocupava, a Superintendência de Desenvolvimento Rural de Teresina.

A nomeação de Ricardo para uma assessoria na Câmara pode complicar o esforço do palácio da Cidade de reconciliação com Jeová Alencar. Essa reconciliação é considerada importante pelo aspecto da governabilidade: um presidente do Legislativo sempre tem força para definir a agenda de discussão na casa. E nenhum prefeito gosta de ter o o presidente da Câmara contra.

Hoje mesmo o prefeito Firmino Filho deve manter conversação com Jeová. Resta saber se a ideia de nomear Ricardo Rego Monteiro vai gerar alguma nova rusga entre os dois.