Cidadeverde.com

PT ainda defende vaga para Regina Souza


Deputado Cícero Magalhães: defesa do direito de Regina Souza pleitear a reeleição para o Senado

 

O Partido dos Trabalhadores (PT) não abriu mão de uma segunda vaga na chapa majoritária governista, nas eleições deste ano. A primeira vaga, claro, cabe ao governador Wellington Dias, que vai disputar o quarto mandato. Mas o partido defende que a senadora Regina Souza deve ter o direito de apresentar sua candidatura à reeleição.

O deputado Cícero Magalhães diz que a estratégia do governador – que, conforme destacado pelo blog, defende uma vaga para cada grande partido da base governista – não pode ser uma simples comunicação ao PT. Cícero lembra que Wellington foi várias vezes presidente do partido e conhece bem como funciona internamente a sigla. “No PT, tudo tem que ser conversado”, diz.

O deputado acrescenta que acredita na habilidade do governador para conduzir essa conversa no sentido de construir de forma mais competitiva a chapa majoritária que pretende dar o quarto mandato aos petistas piauienses. “Ele sabe melhor que ninguém construir essa articulação”, ressalta.
 

Themístocles na vaga de vice

Sobre a indicação pretendida por cada partido, Cícero Magalhães diz que o importante é a definição sobre o que vai caber a cada sigla. Quanto ao nome específico, isso caberá a cada partido escolher. “O PT não pode escolher o nome do MDB, assim como o MDB não pode escolher o nome do PT”, diz.

Sobre a possibilidade do MDB indicar o deputado Themístocles Filho para o lugar de vice de Wellington, ele repetiu: “É uma decisão do MDB”. Mas adiantou que não ver nenhum problema. Inclusive afirmou que, dentro do PT, não tem nenhum constrangimento de defender a indicação de Themístocles, caso seja essa a decisão do partido aliado.

Cícero Magalhães ressaltou que Themístocles tem se mostrado um apoio importantíssimo do governo no Legislativo.