Cidadeverde.com

Mais um grupo quer disputar a eleição na OAB

Antonio Sarmento e seu grupo de apoio: críticas à atual gestão e pregando mudanças na OAB-Piauí e no Judiciário

 

Na atual OAB-Piauí, tem a situação e tem a oposição, assim configuradas nos dois grupos que se enfrentaram em 2015. E nesses dois grupos sobram candidatos a presidente. Como se não bastasse, tem o Mapa, um grupo independente que se movimenta sem estabelecer nenhum vínculo direto com as duas primeiras vias.

Pois quem acha que está demais, eis que um quarto grupo de movimenta para se apresentar às eleições novembro que vai definir os novos comandantes da Ordem dos Advogados do Brasil no estado. Esse grupo apresenta uma curiosidade: tem na cabeça um advogado de cabelos brancos, mas cercado de jovens encantados com a pregação que aponta a disposição de confrontar-se às forças estabelecidas. O discurso é claramente de mudança.

O advogado de cabelos brancos que está à frente do grupo é conhecido: Antônio Sarmento, servidor fazendário aposentado, que liderou muito movimento quando na ativa na Sefaz. Agora levanta a voz defendo mudanças na advocacia. O tom é claramente de oposição, sem que isso signifique a proximidade de nomes como Fábio Veloso ou Georgia Nunes, duas das principais referencias na oposição definida pelos resultados de 2015.  

Embalado pela energia dos jovens que o cercam, Sarmento tem multiplicados reuniões Piauí afora. Em Teresina já foram várias. Mas também já reuniu advogados em Altos, União, Barras e Campo Maior. Na pregação, há críticas ao funcionamento do Judiciário, à atual gestão da OAB e a membros do governo do estado, como o secretário de Justiça Daniel Guimarães.

Inicialmente o grupo não anunciava pretensões eleitorais. Mas nas últimas semanas as reuniões já apresentam Sarmento como pré-candidato – “o primeiro pré-candidato às eleições da OAB”, conforme anunciam.