Cidadeverde.com

Clima tenso deixa professor pessimista sobre eleições


Gustavo Said: reações emocionais extremadas nas redes sociais acirram clima político

 

O cenário pré-eleitoral no Brasil aponta para um clima de acirramento que deve se prolongar até as eleições. O papel das redes sociais, onde as reações tendem a ser emcionais e extremadas, agrava ainda mais essa situação. Tal cenário deixa pessimista o professor Gustavo Said, doutor em Comunicação e professor da UFPI, que analisa a realidade atual como preocupante.

Em entrevista hoje cedo ao Acorda Piauí, na Rádio Cidade Verde, Gustavo alertou para a profunda divisão na sociedade brasileira, onde os rótulos “coxinha” e “mortadela” – para identificar aliados e adversários das duas principais correntes políticas do país – são tradutores das animosidades. É como se o país estivesse dividido entre céu e inferno. “Mas é preciso lembrar que há o purgatório”, brincou.

Na entrevista, Gustavo fez uma avaliação do papel que as Redes Sociais têm na sociedade atual e qual o lugar que ela ocupa nos debates sobretudo na área política. Ressaltou que as redes sociais reúnem pessoas que se aproximam em função de temas de interesse mútuo, o que reduz a possibilidade do debate. Ao contrário, a voz dissonante é excluída.

Para ouvir a entrevista completa do professor Gustavo Said, acesse o arquivo abaixo.