Cidadeverde.com

‘Agrespi é mais um elefante branco’, diz Gustavo Neiva

Deputado Gustavo Neiva, na Rádio Cidade Verde: críticas à criação de novos cargos pelo Governo do Estado  (FOTO: Glenda Uchoa)
 

Uma das vozes mais duras na oposição ao governo do Estado na Assembleia Legislativa, o deputado Gustavo Neiva (PSB) fez duras críticas à criação de cargos na administração estadual. Segundo ele, são cargos com o fim exclusivamente político. O deputado criticou de modo especial a Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Piauí, a AGRESPI. “É mais um elefante branco”, disse em entrevista ao Acorda Piauí, hoje cedo na rádio Cidade Verde.

Na entrevista, Gustavo Neiva afirmou que a Agência foi criada “para nada”, a não ser a acomodação de aliados políticos do governo do Estado. Ele observou que a AGRESPI terá três diretores e mais 20 cargos de confiança, gerando mais despesas para a administração pública.

Para o deputado, a criação da Agência se soma a outros atos do governo estadual com o mesmo objetivo político, como a criação de nove Coordenadorias, o que aconteceu em março do ano passado. Gustavo Neiva informou que, ainda no segundo semestre de 2017, foi aprovado requerimento pedindo informações sobre o funcionamento das Coordenadorias.

“Só duas ou três enviaram esses relatórios”, revela o deputado. Questionado sobre as razões das demais coordenadorias não terem enviado o relatório de atividades, Gustavo avalia que é “porque talvez não tenham o que mostrar”.

O deputado do PSB diz que essa situação revela a pouca preocupação do governo do Estado com a gestão pública e com o Piauí. Segundo ele, não há um Plano de Estado, mas tão somente “um plano para se perpetuar no poder”.

Clique no link abaixo para ouvir a entrevista: