Cidadeverde.com

De olho na ‘cláusula’, PRB agora quer Silas Freire


Deputado Silas Freire: ele saiu do PR para o Podemos e agora pode mudar de novo, desta vez para o PRB

 

O PRB parece mesmo decidido a ter no Piauí um candidato a deputado federal em condições de competir pra valer uma vaga na Câmara dos Deputados. E, depois de ver fracassada a tentativa de filiar o deputado Rodrigo Martins (PSB), o partido investe em Silas Freire, suplente no exercício do mandato.

Vale lembrar, Silas disputou as eleições de 2014 pelo PR, mas divergências com o comando estadual do partido terminou levando o parlamentar a deixar a sigla. Ainda no final do ano passado, Silas ingressou no Podemos. No novo partido, chegou a ciceronear no Piauí o pré-candidato a presidente pela sigla, senador Álvaro Dias.

O PRB tenta atrair Silas e corre contra o tempo, já que o prazo para mudança partidária termina na próxima semana. O PRB tem como principal referência no estado o deputado estadual Pastor Gessivaldo Isaias, atual secretário do Trabalho. O convite visa possibilitar ao partido superar a cláusula de barreira, o que garante acesso ao tempo de propaganda em rádio e TV e aos recursos do Fundo Partidário. Somente este ano, o Fundo Partidário soma quase R$ 900 milhões, distribuído proporcionalmente entre as siglas conforme a representação no Congresso.

Conforme a nova legislação eleitoral, para ter acesso a esses benefícios, um partido precisa alcançar pelo menos 1,5% do total de votos nacionais para a Câmara dos Deputados, ou eleger 9 deputados federais com registro de pelo menos 1% dos votos para deputado federal em 9 estados.

No Piauí, esse percentual corresponde a cerca de 20 mil votos. Mas o PRB acredita no potencial de Silas Freire para disputar uma das cadeiras na Câmara.

Segundo aliados de Silas, o convite partiu do próprio presidente nacional da sigla, Marcos Pereira, que teria o aval de Gessivaldo Isaias.