Cidadeverde.com

Marcelo Castro tenta ser o vice de Wellington


Marcelo Castro e Themístocles Filho, em reunião de ontem: desejo dos dois para eleição de outubro pode ser o mesmo cargo de vice 
 

Não foi uma, nem duas, nem três. Por diversas vezes o deputado federal Marcelo Castro, presidente estadual do MDB, disse que o partido pleiteia o lugar de vice na chapa de Wellington Dias (PT). Disse e também repetiu que o lugar caberia ao presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho. Os burburinhos palacianos, no entanto, apontam para outra situação: Marcelo gostaria de ser ele mesmo o candidato a vice.

A composição da chapa governista está longe de ser definida. Mesmo após o Progressista anunciar que não briga mais pela vaga de vice, o assunto acabou. E ontem foi o próprio governador Wellington Dias quem alimentou a indefinição sobre a chapa de situação, ao dizer que diversos nomes estão relacionados como alternativa ao Senado. Citou quatro nomes: Frank Aguiar (PRB), Júlio César (PSD), Regina Sousa (PT) e... Marcelo Castro.

A citação deixa a entender que o lugar do MDB não está definido. Deixa a entender que há outro nome emedebista na mesa – exatamente o do presidente do partido. E se Marcelo está com o nome posto, é razoável supor que não seja como postulante apenas à senatória.

Marcelo move as cordas para ser mais que o avalista de uma indicação emedebista. O lugar de vice está no horizonte.

O presidente do MDB faz questão de dizer que é o mais petista dos não-petistas, os de fora da sigla. Faz afagos sistemáticos a Wellington e aos correligionários do governador. Todo esse jogo é visto como um gesto muito mais que partidário, no sentido de estreitar a relação com o partido. Na verdade, tem como efeito principal fortalecer o próprio Marcelo como nome para a chapa majoritária.

A movimentação soa descompassada, levando-se em conta as repetidas entrevistas de Marcelo Castro. Mas uma mudança de discurso não seria novo na política, nem no MDB, nem mesmo para o deputado.

Themístocles que fique de sobreaviso.