Cidadeverde.com

Pesquisa Opinar, hoje, cria expectativa no governo e oposição


Wellington Dias: líder nas quatro pesquisas anteriores do Opinar, mantém expectativa sobre a sondagem a ser dvulgada hoje

 

Será divulgada hoje a quinta pesquisa Opinar/Cidade Verde. E ela chega gerando uma enorme expectativa entre os políticos, já que a nova pesquisa tende a traduzir com mais precisão o cenário eleitoral: a sondagem foi feita faltando apenas três semanas para a votação no primeiro turno e reproduz o olhar do eleitor após mais de um mês de campanha nas ruas e cerca de 20 dias de propaganda eleitoral no rádio e TV.

Salvo fatos que gerem uma inflexão nos rumos dos acontecimentos, ela tende a indicar com mais clareza a tendência de intenção de voto do eleitorado até o dia 7 de outubro. Há duas grandes perguntas, uma em relação ao governo do Estado e outra sobre a disputa pelo Senado.

Quanto ao governo, a questão é saber se há no horizonte uma consistente perspectiva de segundo turno. Na pesquisa anterior, a diferença entre Wellington Dias (PT) e a soma de intenção de votos dos adversários era de menos de 8%. A possibilidade de um segundo turno não estava descartada – muito pelo contrário. Mas a gigantesca estrutura de campanha de Wellington ainda não tinha conseguido o reforço da enorme campanha no rádio e TV.

A nova pesquisa vai dar um indicador mais razoável sobre o futuro da disputa.

No caso da corrida pelas duas vagas de Senador, a pesquisa anterior mostrou que era uma disputa de cinco: Wilson Martins (PSB), Ciro Nogueira (PP), Frank Aguiar (PRB), Robert Rios (DEM) e Marcelo Castro (MDB). Os candidatos têm discursos distintos, propostas diferentes e campanhas inteiramente diversas. É saber como o eleitor percebeu tudo isso.

A nova pesquisa Opinar/Cidade Verde será divulgada no Jornal do Piauí (TV Cidade Verde), em transmissão simultânea com a Rádio Cidade Verde (frequência 105,3) a partir das 12h25.
 

Governo confiante em vitória no 1º turno

No staff de Wellington Dias, que tenta o quarto mandato como governador do Piauí, ninguém espera surpresas na próxima pesquisa do Instituto Opinar. Ou pelo menos não deseja. A avaliação interna é que Wellington está bem na fita e que a pesquisa deve apontar um cenário em que o petista vença as eleições no 1º turno, dia 7 de outubro.

Os governistas apostam na enorme estrutura da campanha de Wellington, complementada por um amplo apoio das lideranças políticas no interior. Conta ainda com a pouca munição da oposição. Não que falte munição em discurso, mas sim em condições para empreender as ações de campanha.  Com isso, esperam ver consolidada uma maioria nas intenções de voto capaz de deixar à mão a vitória em primeiro turno.

A conferir.