Cidadeverde.com

Heráclito e João Henrique permanecem com Temer até o final


Michel Temer: com a companhia de João Henrique até depois de deixar o poder

 

Diz-se que os amigos se revelam nos momentos sem fartura, luzes e poder. Pois o ex-presidente Michel Temer deve ter conhecido os seus reais amigos nos últimos meses, em especial depois da eleição de outubro, quando o olhar que procura a sombra do poder já se direcionava para Jair Bolsonaro, o eleito. Nesse momento de abandono, no entanto, pelo menos dois piauienses permaneceram junto a Temer até o final.

Os dois – o ainda deputado Heráclito Fortes e o já quase presidente do Sebrae, João Henrique Sousa – estiveram com Temer mesmo na tarde de terça-feira, quando já era ex-presidente. Heráclito acompanhou o “desempoderado” Temer até a Base Aérea de Brasília, onde o ex-presidente tomou um avião de volta para casa, em São Paulo.

Vale lembrar, Heráclito sempre ressaltou sua proximidade com Michel Temer, mesmo nos momentos mais críticos, como na época das denúncias feitas pela PGR. Costumava receber o amigo para almoços com sotaque piauiense, regado a muita conversa política alimentada por um punhado de nomes influentes na política do momento. Não renegou a amizade, muito pelo contrário.

João Henrique foi além. Tomou assento no avião e seguiu com o ex-presidente até São Paulo, em uma viagem de retorno com alguns poucos. Estavam lá, por exemplo, Romero Jucá e uns três ministros do governo recém-findo. João Henrique é um velho amigo e aliado de Temer, desde os tempos de vivência na Câmara dos Deputados e também dentro do PMDB.

Pelas mãos de Temer ele tornou-se presidente do SEBRAE, cargo que assumirá oficialmente na próxima segunda-feira.

Também não desdenhou do poder desinflado. Seguiu junto do amigo até o último instante.