Cidadeverde.com

Sebastião Martins define 3 prioridades à frente do TJ


Desembargador Sebastião Martins: prioridades à frente do TJ incluem maior produtividade no Judiciário piauiense

 

O desembargador Sebastião Martins assume, na segunda-feira pela manhã, a presidência do Tribunal de Justiça do Piauí. Ele definiu três focos prioritários de sua gestão, aprofundando ações que estão redimensionando o trabalho do TJ. As prioridades dão a medida de uma Justiça que interage com a sociedade, gerando mais resultados para os que buscam o Judiciário. As prioridades também mostram sintonia com as diretrizes do Conselho Nacional de Justiça, o CNJ.

Daí, a primeira das três principais ações é a que vai em busca de maior produtividade no Judiciário piauiense. Como essa meta tem muito a ver com estrutura funcional, Sebastião Martins pretende implantar o Processo Judicial Eletrônico (PJe) em todas as unidades judiciárias. A intenção é abolir – ou chegar muito perto disso – o uso do papel no Poder Judiciário.

Para conseguir esse feito, o desembargador pretende dar especial atenção à STIC, Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Em sumo: fazer que todo o Judiciário do estado esteja sintonizado com as novas tecnologias.

O segundo tripé da gestão Sebastião Martins  é o aumento dos índices de Conciliação e Mediação. Esse é um instrumento que tem vários ganhos: encurta as disputas, reduz o número de processos e fortalece a cultura da paz. Esse é um  método fundamental para a resolução dos conflitos.

Nessa relação mais estreita com a sociedade, a nova gestão terá como terceira pilastra o fortalecimento da rede de combate à violência contra a mulher. Com isso, dá mais ênfase a uma diretriz do CNJ para 2019 e atende a uma demanda importante da sociedade.
 

Vanessa Tapety e a sustentabilidade

O desembargador Sebastião Martins terá a advogada Vanessa Tapety como uma de suas assessoras diretas. Ela será a coordenadora do Núcleo de Gestão Socioambiental. Esse núcleo tem uma preocupação que é nova mas muito importante na gestão corporativa: a atenção aos aspectos ambientais e à sustentabilidade.

Com isso, ela dará atenção a aspectos como o melhor uso de recursos disponíveis, como a própria energia, a possibilidade de reuso de materiais, bem como a adequada coleta e descarte de resíduos, sobretudo aqueles com impacto ambiental, como pilhas, baterias, toners. Vanessa toma posse junto com o grupo de assessores de Sebastião Martins, após à investidura do novo presidente.