Cidadeverde.com

Heráclito e Elmano querem manter Avelino na Codevasf


Avelino Neiva: apadrinhado de Heráclito Fortes e Elmano Neiva, tem chance de permancer no cargo  (FOTO:  Codevasf / Divulgação)

 

A Companhia de Desenvolvimento das Bacias do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) virou um dos grandes objetivos do Piauí dentro do governo de Jair Bolsonaro (PSL). Atualmente a presidência nacional da empresa está nas mãos do piauiense Avelino Neiva, que permaneceu no posto a partir do aval do deputado Heráclito Fortes (DEM).

Ocorre que agora quem deseja o posto é o presidente do PSL no estado, Fábio Sérvio. Fábio até já indicou um nome para o cargo, que vem a ser de um militar piauiense hoje na reserva da Aeronáutica. Mas Avelino ainda não foi de todo descartado. Heráclito Fortes, que fica sem mandato daqui a uma semana, continua com prestígio junto ao novo governo. E está se movimentando para manter Avelino na presidência da Codevasf.

Avelino Neiva pode ter agora um reforço e tanto, de um parlamentar com mandato e com assento no Senado: o senador Elmano Ferrer (SD). Elmano foi o primeiro congressista do Piauí a manifestar apoio a Jair Bolsonaro, logo em seguida ao primeiro turno da disputa. Ele esteve pessoalmente com o então candidato, no Rio de Janeiro. E, nas últimas semanas, tem mantido diálogo com ministros do governo e com articuladores palacianos.

A expectativa é que essa definição ocorra nos próximos dias e lideranças de outros estados – em especial de Pernambuco – cobiçam o posto. Não é para menos: a Codevasf tem grande capacidade de investimentos, sobretudo no sertão nordestino. Apesar da pretensão de outros estados, há grande possibilidade do Piauí manter o comando da Codevasf, seja através da indicação de Fábio Sérvio, seja pela reivindicação da dupla Heráclito e Elmano.