Cidadeverde.com

Entendimento avança e Themístocles deve ser candidato único

Em reuniões que vararam a madrugada, ficou praticamente definido o acordo que deve fazer de Themístocles Filho (MDB) o candidato único à presidência da Assembleia Legislativa. Esse entendimento ganhou força depois que os 4 deputados do grupo de oposição manifestaram apoio á candidatura de Themístocles. E ganhou praticamente forma afinal após o almoço que mostrou a unidade do MDB – os 6 da bancada apoiando o emedebista – e a perspectiva de mais 3 apoios (Wilson Brandão, Firmino Paulo e Flávio Nogueira), programados para hoje de manhã.

Nomes como Franzé Silva (PT) se empenharam a favor do acordo. Franzé desde o início apostava nesse caminho, que era rejeitado especialmente pelo grupo que apoiava Hélio Isaias, sobretudo o senador Ciro Nogueira e o deputado Assis Carvalho. Ontem, no entanto, ficou muito claro que Themístocles tinha a vitória praticamente assegurada. E acordo foi se precipitando por gravidade.

Nessa perspectiva de um entendimento, Themístocles sempre deixou espaço em sua chapa para acomodar representantes ligados ao grupo que com ele se conflitava. O entendimento pode ser anunciado ainda na manhã desta terça-feira, com a definição da chapa que precisa ser registrada até amanhã.
 

Mais 3 deputados, 2 deles do PP, dão apoio a Themistocles

Para hoje de manhã estava programado o anúncio de mais três apoios à candidatura de Themístocles Filho para a presidência da Assembleia. Com um detalhe: dois deles são parte da bancada do PP, o partido de Helio Isaías, o adversário de Themistocles.

Nos corredores da Assembleia, ainda ontem, o apoio desses três deputados se revelaram um golpe fatal contra a candidatura do Progressista, na sequência do emedebista receber o voto dos 4 deputados de oposição e de garantir a unidade dos 6 votos do MDB. Tudo isso aumentou a chance de um acordo, diante da perspectiva de acachapante derrota de Hélio.

Os novos apoios são os deputados Wilson Brandão e Firmino Paulo, ambos do PP, e Flávio Nogueira Jr, do PDT. O anúncio conjunto estava programado está manhã, na própria Assembleia. Mas pode nem se materializar, caso um “consenso” seja anunciado antes.

O tal consenso é, na prática, a desistência de Hélio Isaías. Em troca, ele garantiria presença de um representante do grupo na chapa encabeçada por Themistocles.

O presidente da Assembleia ainda não formalizou o registro da chapa precisamente com a expectativa de alcançar esses entendimento. Ele tem um lugar de importância para  aliado de Helio.