Cidadeverde.com

Após eleição, Rodrigo Maia elogia Wellington Dias


Rodrigo Maia: elogias e agradecimentos aos governadores petistas Wellington Dias e Camilo Santana  (FOTO:  Câmara / divulgação)

 

Com uma folgada vantagem, o atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito para um novo mandato como presidente da Casa Legislativa. Logo em seguida, ele defendeu as reformas, mas disse que elas devem ser pactuadas. A própria eleição de Rodrigo é fruto desse tipo de preocupação, já que teve votos tanto no lado do governo quanto da oposição. Recebeu votos inclusive do PT – o candidato apoiado pelo partido, Marcelo Freixo (PSOL-RJ) teve apenas 50 votos, que não soma sequer a bancada petista.

O aceno para partidos como PT foi reforçado logo em seguida, quando Rodrigo concedeu entrevista à GloboNews. E esse aceno foi em forma de agradecimento a dois governadores petistas: o piauiense Wellington Dias e o cearense Camilo Santana. Rodrigo lembrou que esteve com os dois, foi muito bem recebido em seus gabinetes e ainda recebeu “uma aula de gestão”.

No caso de Camilo, a “aula” foi especialmente sobre segurança pública. No caso de Wellington, foi sobre Previdência. A respeito da reforma da Previdência, Rodrigo disse que ela precisa ser discutida com todos os governadores e também com os prefeitos municipais.

Confira a votação dos candidatos que disputaram a presidência da Câmara dos Deputados:

 Rodrigo Maia (DEM-RJ)                    334 votos
 Fábio Ramalho (MDB-MG)                 66 votos
 Marcelo Freixo (PSOL-RJ)                 50 votos
 João Henrique Caldas (PSB-AL)       30 votos
 Marcel Van Hattem (Novo-RS)           23 votos
 Ricardo Barros (PP-PR)                       4 votos
 General Peternelli (PSL-SP)                 2 votos
 Branco:                                                  3 votos
 

Assis representa o Piauí na Mesa

Não chega a ser um lugar sonhado por todos, mas também não deixa ser importante. E o Piauí está representado na nova Mesa Diretora da Câmara dos Deputados. O representante é o deputado Assis Carvalho (PT), que foi escolhido como um dos suplentes do novo comando da Câmara.

A Mesa Diretora conta com sete membros titulares e quatro suplentes. São apenas 11 membros, e Assis está lá como um desses suplentes, juntamente com Rafael Motta (PSB-RN), Geovania de Sá (PSDB-SC) e Isnaldo Bulhõres Jr. (MDB-AL). São os seguintes os 11 membros ontem eleitos:

  Presidente               - Rodrigo Maia (DEM-RJ);
  1º vice-presidente   - Marcos Pereira (PRB-SP);
  2º vice-presidente   - Luciano Bivar (PSL-PE);
  1º secretário            - Soraya Santos (PR-RJ);
  2º secretário            - Mário Heringer (PDT-MG);
  3º secretário            - Fábio Faria (PSD-RN);
  4º secretário            - André Fufuca (PP-MA);
  Suplentes                - Rafael Motta (PSB-RN), Assis Carvalho (PT-PI), Geovania de Sá (PSDB-SC) e Isnaldo Bulhõres Jr. (MDB-AL).