Cidadeverde.com

Júlio Arcoverde quer fortalecer esporte nos bairros com parcerias


Júlio Arcoverde: na Semel, aposta nas parcerias para fortalecimento do esporte nos bairros  (FOTO: Alepi / Divulgação)

 

O deputado Júlio Arcoverde, presidente estadual do Progressista, assume na sexta-feira a Secretaria de Esporte e Lazer do município de Teresina, a Semel. É um arranjo político que abre espaço para B. Sá Júnior tomar assento na Assembleia Legislativa. Mesmo assim, Júlio não quer apenas ocupar a cadeira de secretário na Semel: quer deixar uma marca, especialmente com o fortalecimento do esporte de base e as atividades esportivas nos bairros.

As duas preocupações estão associadas ao papel de socialização que o esporte desempenha, com atividades coletivas que gerem uma visão mais cidadã e seja também um antídoto contra, por exemplo, o assédio da droga. Além do objetivo dessa estratégia de fortalecimento do esporte, Júlio Arcoverde tem bem definido o caminho para viabilizar os projetos: as parcerias.

Ele vai buscar especialmente as parcerias com empresas. E cogita adotar uma espécie de apadrinhamento de espaços para atividades esportivas, como quadras, ginásios e campinhos nos bairros. A ideia é que empresas com atuação numa determinada região da cidade possam assumir a responsabilidade por alguns desses espaços, criando uma relação mais direta com a cidadania.

Outro caminho é concretizar no município de uma ideia que abraçou como deputado, que é a garantia de incentivos especiais às empresas que apoiarem o esporte. Para Júlio, essas ações podem dar um maior vigor ao esporte na capital e, acima de tudo, assegurar espaços de fortalecimento da cidadania em toda a cidade.
 

Peregrinação pelos gabinetes de Brasília

O futuro secretário de Esporte de Lazer de Teresina, Júlio Arcoverde, quer aproveitar a vivência que teve em Brasília – ele foi diretor do Denatran – para garantir recursos para o esporte em Teresina. Logo que assumir, ele pretende fazer uma peregrinação pelos gabinetes da capital federal em busca de apoio.

Esse roteiro inclui tanto gabinetes do Executivo como o diálogo com representantes no Congresso. O objetivo é garantir a cobertura orçamentária para projetos que deseja implantar na Semel.