Cidadeverde.com

Marden filia empresário ao PSDB... e Firmino não gosta


A foto da discórdia: Marden festeja filiação de empresário ao PSDB, mas Firmino não gosta porque tira apoio do PP de Lucy

 

Olhando às pressas, parece estranho: o principal líder do PSDB no estado, o prefeito Firmino Filho, não gostou nada de ver o deputado tucano Marden Menezes filiando um empresário de Esperantina... ao PSDB. A reação tem tudo a ver com a mulher do prefeito, Lucy Silveira, que é deputada... do PP. Uma baita salada que explica a reação do marido de Lucy, mas não a do líder tucano.

Vamos aos fatos: Marden foi até Esperantina para filiar o empresário Erasmo Silva ao PSDB. E fez questão de festejar o novo filiado em sua conta no Instagram. Colocou a foto e um texto: “Em Esperantina, ratificando a filiação do empresário Erasmo Silva, o nome forte para o próximo pleito municipal”. Concretamente, Marden quer o empresário candidato a prefeito.

Há um dado anterior, no entanto, que tem grande importância: na campanha passada, Erasmo não votou em Marden. Para deputado estadual, votou em uma importante candidata a deputada estadual do PP, chamada... Lucy Silveira. A mudança de sigla, portanto, leva Erasmo para o PSDB, mas tira um punhado de votos do saco eleitoral do clã Silveira. E Firmino (o marido, não o líder) não gostou.

Gostou tão pouco que deu resposta ainda ontem de manhã, quase no mesmo momento em que Marden publicava a foto no Instagram. “O PSDB não pode ser agência de votos para deputados estaduais”, disse Firmino. A resposta parecia uma reação ao surgimento do nome do deputado como potencial candidato à prefeitura de Teresina em 2020. Mas era mesmo uma reação à perda de um aliado pelo clã Silveira, pouco importando se o aliado se aproximava do partido do prefeito.

As rusgas desta semana não são novidades na relação entre Marden e Firmino. O deputado já andava bem longe do prefeito há pelo menos três anos. Ele achava que o PSDB deveria ser mais crítico ao governo estadual. Já Firmino mostrou uma proximidade com Wellington Dias (PT) que se estendeu até a campanha passada.

As rusgas, no entanto, não parecem terminar com esse episódio. Novos capítulos virão.