Cidadeverde.com

Firmino investe no interior de braços dados com o PP

Foto Divulgação

Firmino Filho nos festejos de São Pedro do Piauí: andanças pelo interior com aliados do PP, como o deputado Júlio Arcoverde


Nas eleições de 2010, quando Sílvio Mendes deixou a prefeitura para ser candidato ao governo do estado pelo PSDB, o conhecido empresário Abelardo Carvalho vislumbrou um cenário pessimista. Olhando para a pouca capilaridade do partido de Sílvio no interior, Abelardo advertiu para o risco: “No segundo turno não vai ter ninguém nem para ajudar a pregar o papel de campanha”, disse ao candidato, em referência aos cartazes que se espalham Piauí afora em uma disputa estadual. Lá pelo meio do segundo turno, Sílvio ligou para Abelardo e mostrou que o empresário tinha errado. A situação era pior: “Não tem quem pregue os papéis e nem papel tem”.

O atual prefeito de Teresina, Firmino Filho, do mesmo PSDB, parece disposto a, pelo menos, ter quem possa pregar os cartazes em uma eventual candidatura majoritária em 2022: Firmino está começando uma decidida andança pelo interior do Estado. Em três dias – de quinta-feira a sábado –, o prefeito esteve em São Pedro, Luís Correia, Demerval Lobão e Pedro II. Nas andanças, há uma outra singularidade: a presença de pelo menos uma das duas principais lideranças do Progressista no Estado – o senador Ciro Nogueira e o deputado Júlio Arcoverde.

Em todas as viagens, Firmino tem tido especial atenção às lideranças locais. Mas não tem se furtado ao contato popular. “Me surpreendi com a receptividade”, diz um integrante do grupo de apoio a Ciro e Júlio.

A atenção que Firmino vem dando ao interior é novidade pelo menos tanto tempo antes de uma eleição estadual. Mas traz uma nova faceta do prefeito, que também está cuidando de fortalecer seu próprio partido na capital, com atração de lideranças fortes, conforme a coluna detalhou ontem. Esse fortalecimento é também uma forma de não ficar dependente da força alheia, no caro a de Ciro Nogueira e seu Progressista.
 

Viagens com interesse de mão dupla

O prefeito Firmino Filho (PSDB) e o senador Ciro Nogueira (PP) têm um mesmo interesse: a disputa do Palácio do Karnak nas eleições de 2022. Mas as andanças pelo interior com os dois juntos não os afastam. Ao contrário, os une em uma estratégia que tende a mantê-los em um mesmo palanque na sucessão de Wellington Dias (PT).

Ciro tem um amplo leque de apoios pelo interior. Firmino tem uma fortaleza eleitoral em Teresina. Ciro tem em mente a importância de uma boa base na capital como caminho para se alcançar a vitória. Por seu lado, o PSDB já apresentou candidaturas próprias ao governo em 1990, 1998, 2006 e 2010: ficou evidente a falta que faz uma boa estrutura fora de Teresina.

Daí, as andanças de agora ajudam a criar um cenário positivo para ambas. Qual dos dois poderá a ser o candidato ao Karnak, aí é uma discussão para 2022.