Cidadeverde.com

Evandro Hidd entra na lista de ‘prefeituráveis’

Foto Glenda Uchoa / Rádio Cidade Verde

Evandro Hidd, em recente entrevista à Rádio Cidade Verde: na lista de potenciais candidatos à prefeitura de Teresina


O vereador Evandro Hidd, filiado ao PDT e ocupando o comando da SDU Sudeste, está sendo lembrado como uma alternativa para disputar a prefeitura de Teresina no próximo ano. A inclusão de Hidd na lista de “prefeituráveis” tem duas razões de ser. A primeira, a falta de um nome que empolgue dentro do grupo atualmente à frente da prefeitura, liderado pelo prefeito Firmino Filho. A segunda é o desempenho do vereador como Superintende da SDU Sudeste, considerado muito positivo.

Apesar de filiado ao PDT, Evandro Hidd é apontado como um fiel aliado de Firmino, vinculado a um grupo de estreita ligação com o prefeito. Não por acaso foi indicado para uma das mais importantes SDUs da capital, com atuação na área do Grande Dirceu. Hidd aproveitou a oportunidade e está mostrando capacidade administrativa, que desagua na ampliação da força política.

Evandro Hidd é bem integrado ao grupo do qual faz parte outro “prefeiturável”, o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Charles Silveira. Na avaliação dos que transitam com mais soltura dentro do Palácio da Cidade, Charles é o preferido de Firmino. Mas o prefeito vai avaliar uma série de alternativas antes de apresentar aquele que considerar o nome mais competitivo para a disputa de 2020.

Caso se mostre viável, Evandro pode mudar de partido, saindo do PDT para uma outra sigla do leque de partidos que formam o poder municipal, hoje. Uma possibilidade é bem óbvia: se filiar no próprio PSDB de Firmino Filho.
 

Pesquisas vão definir a escolha

A escolha do nome do grupo de Firmino para a disputa da prefeitura de Teresina em 2020 vai passar por uma série de pesquisas programada para os próximos meses. A lista é bem ampla. E nada deve ser definido antes de dezembro. As pesquisas, em especial as sondagens qualitativas – que dão indicações mais precisas sobre o perfil de candidato cobrado pelo eleitor –, vão ser um fator determinante. Se prevalecer o que vem sendo identificado em avaliações mais recentes, o fator renovação pode ter peso.

Este é outro fator que pode levar à indicação de Evandro Hidd. Mas se isso é um trunfo, ele também guarda barreiras a serem superadas. Uma delas é a condição de novato na política teresinense, já que está no primeiro mandato. A segunda é necessidade de ampliar o leque de apoios políticos para que não seja um nome tirado do bolso do prefeito, e inteiramente dependente da indicação e do aval de Firmino.