Cidadeverde.com

Jesualdo Cavalcanti terá homenagem na APL

Foto Divulgação / Deputado João Madison

Jesualdo Cavalcanti, ao centro, em encontro com o ex-governador Hugo Napoleão e o deputado João Madison


A Academia Piauiense de Letras (APL) fará na próxima semana uma homenagem a Jesualdo Cavalcanti Barros, que faleceu em 22 de fevereiro passado e era membro da instituição. A sessão inclui o lançamento de um novo livro de Jesualdo, reunindo textos e falas do acadêmico. A publicação traz um traço comum na trajetória do acadêmico recém-falecido: o engajamento em torno de teses e lutas específicas.

O livro é Tenho Dito: Artigos, discursos e ideias e faz parte da Coleção Centenário, que marca os 100 anos de fundação da própria APL. O ex-governador Hugo Napoleão, que também é membro da Academia Piauiense de Letras, fará a palestra de apresentação do trabalho. Ele e Jesualdo eram amigos de longa data, com atuação partidária comum em boa parte do tempo.

O livro é um apanhado da produção de Jesualdo, que sempre foi muito presente no debate sobre temas relevantes, tanto a partir da posição pública que ocupava como do cidadão comprometido com seu tempo. Vale lembrar, Jesualdo foi vereador de Teresina, cassado logo após o golpe de 1964. Com os direitos políticos restabelecidos, foi secretário de Cultura, deputado estadual, deputado federal Constituinte e outra vez deputado estadual, quando chegou à presidência da Assembleia. De lá saiu para ser Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Sua última função pública foi a prefeitura de sua terra natal, Corrente. Foi, assim, um homem várias vezes marcante em nossa história.

A nova publicação reafirma um Jesualdo Cavalcanti envolvido em questões importantes para o Estado, empunhando argumentos e dados como suporte para seus artigos, discursos e teses. Esse tipo de orientação ele já havia seguido em publicações feitas em vida, como no livro sobre a possibilidade de criação do estado do Gurgueia.

Outro traço fundamental é a paixão em torno dos temas que abraçava. Não uma paixão cega, mas marcada por uma consistente argumentação. O livro traz diversos textos com esse viés, especialmente os artigos que publicou e que são agora reunidos em Tenho Dito.

O evento está marcado para o sábado da próxima semana (dia 03 de agosto), a partir das 9 horas, na sede da Academia, à Avenida Miguel Rosa.