Cidadeverde.com

Roberto Veloso será homenageado pela Assembleia do Maranhão

Foto Divulgação / Associação dos Juizes Federais

Roberto Veloso: juiz federal natural de Teresina será homenageado pela Assembleia Legislativa do Maranhão


O juiz federal Roberto Veloso será homenageado pela Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Em solenidade marcada para o próximo dia 15, Veloso vai receber a Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman, principal honraria do legislativo do vizinho estado. Conforme nota da Assembleia, a comenda é um reconhecimento ao grande trabalho realizado pelo trabalho do juiz federal. Vale lembrar, ele já tinha recebido da Casa Legislativa o título de Cidadão Maranhense.

Roberto Carvalho Veloso é natural de Teresina e ganhou destaque nacional como presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe). Veloso graduou-se em Direito pela Universidade Federal do Piauí, depois cursando mestrado e doutorado na Universidade Federal de Pernambuco. Sua trajetória jurídica inclui a função de promotor, no Maranhão e no Piauí, além de juiz eleitoral no TER-PI.

Como juiz federal, Roberto Veloso esteve por longo tempo em Teresina, de onde foi transferido para São Luiz. Foi diretor da Associação de Juízes Federais da 1ª Região (que inclui, entre outros, Piauí, Maranhão e DF), para depois chegar à presidência da Ajufe. É membro da Academia Maranhense de Letras Jurídicas e professor universitário.
 

Lembrança para disputa eleitoral

Com destacada atuação em defesa da cidadania, o nome de Roberto Veloso vem sendo lembrado como uma alternativa para disputas eleitorais. A última associação entre o nome do juiz e um cargo ocorreu nas últimas semanas, quando foi listado como uma alternativa para concorrer à prefeitura de São Luiz, em 2020.

Roberto Veloso não tem dado nenhum sinal de interesse em disputadas eleitorais. Mas se ceder aos convites que recebe, estaria repetindo um gesto bem conhecido no Maranhão: o atual governador Flávio Dino (PCdoB) também foi juiz federal, cargo que deixou para concorrer primeiro a deputado federa e, depois, ao Palácio dos Leões.