Cidadeverde.com

Quadrilha invade aeroporto para roubar avião carregado de dinheiro

  • fbd04b9f-51be-45f7-a3fe-a8e3e1c6b743.jpg
  • e13b86e3-b365-4410-a6c0-7cb20a200b65.jpg
  • d7d4295e-0aa1-4c49-84ec-029613bcfd8f.jpg
  • c8c66b27-c239-463e-b245-cb8e3eddaf0d.jpg
  • 4138d2c9-a67a-45c8-8f55-56ac634c819c.jpg
  • 730b7d4b-a567-4022-8aad-e70b1009fa3d.jpg
  • 91df5d7e-24b0-45a9-b51e-ad18a9b14d4b.jpg
  • 79eafa4e-aaa0-4709-b80c-06f1928b32a1.jpg
  • 46c57a23-2359-4410-baf6-5c0d3a8d1b35.jpg
  • 24d7f50a-e335-49c9-957c-c38a4da2bb0c.jpg
  • 8bc10743-4c48-4302-a1a4-9a1ae5d9d2a0.jpg
  • 7c7bda52-21e0-42ac-9698-d171df8d3d0f.jpg
  • aviao07.jpg
  • aviao06.jpg
  • aviao05.jpg
  • aviao04.jpg
  • aviao03.jpg
  • aviao02.jpg
  • aviao01.jpg

Na fuga, o bando incendiou um caminhão

Atualizada as 16h10

Mais de 10 homens participaram do assalto ao avião que chegava no aeroporto de Floriano para transporte de dinheiro. De acordo com o delegado de Polícia Civil, Walter Cunha, os bandidos usaram dois veículos durante a ação que foram encontrados queimados próximo a município de Jerumenha. Os bandidos chegaram a atirar no avião a uma distância de cerca de 150 metros e marcas foram achadas na fuselagem da aeronave.

"Eles cortaram o arame da cerca do aeroporto e entraram pela pista. Eles abordaram o avião atirando de uma distância de 150 metros e em seguida encurralaram a PM dentro do aeroporto", explicou o delegado.

A Polícia Civil acredita que os acusados fizeram um levantamento prévio da área para calcular a velocidade da ação. A empresa de serviço de transporte bancário não divulgou para qual banco seria levado o dinheiro e nem a quantia. "Haviam duas pessoas na aeronave e outros funcionários da empres ade transporte nos carros-fortes. Achamos que eles tiveram acesso a alguma informação interna do transporte de valores pois eles certamente levantaram o local. Lá na frente tem um bar e pela forma que eles entraram eles analisaram bem o local", completou o delegado.

Matéria original

Uma quadrilha invadiu o aeroporto do município de Floriano e trocou tiros com policiais militares durante assalto na manhã desta terça-feira (29). A ação criminosa foi registrada por volta de 10h30 e o policiamento de toda a região foi acionado e está em perseguição. 

O PM ferido ainda não teve a identidade revelada, mas seria da Força Tática. De acordo com o coronel Marcos Antônio, subcomandante de policiamento no Cerrado, o tiro que atingiu o militar seria de fuzil e atravessou o colete. Ele foi encaminhado ao Hospital Regional Tibério Nunes e está fora de perigo. "O colete foi essencial para salvar a vida do policial", explicou.

A abordagem dos criminosos ocorreu logo após o pouso do avião que transportava valores. O dinheiro seria retirado e colocado em um carro forte, momento em que foi atacado pela quadrilha fortemente armada. O policial baleado fazia a escolta mas um malote acabou sendo levado pelso bandidos. A ação não teve reféns.

"Segundo informações eles fugiram com direção a Jerumenha. A Polícia está fazendo barreiras para que a gente possa prender os elementos", completou o policial.

O advogado Raniery Almeida, da Esaero – empresa que administra o aeroporto de Floriano – informou que a quadrilha  rompeu as cercas de proteção em dois carros pretos e anunciaram o assalto. O bando surpreendeu até os policiais militares que faziam a escolta dos carros-fortes. 

Os homens estavam armados com fuzis e metralhadoras.

Viaturas foram atingidas pelos disparos

Graciane Sousa e Rayldo Pereira
gracianesousa@cidadeverde.com