Cidadeverde.com

Teresina apresenta Corso para agências e jornalistas de outros estados

 

Durante o final de semana, 6 empresas de turismo estiveram na capital para conhecer melhor os atrativos da cidade e o Corso. Além delas, jornalistas dos portais especializados nacionais Brasilturis e Coluna de Turismo também estavam na comitiva do Famtour.

Esse tipo de ação é realizada internacionalmente com a intenção de apresentar melhor os destinos para agentes que depois levarão informações sobre o destino para vender a seus clientes. O convite aos que vieram a Teresina aconteceu durante apresentação do secretário Venâncio Cardoso no Festival de Turismo de Gramado que aconteceu em novembro do ano passado. 

Nos 2 dias, os visitantes foram apresentados a diversos pontos de Teresina, como o Encontro dos Rios, a Ponte Estaiada, Polo Cerâmico, Rio Poty e a gastronomia. O presidente da Câmara Setorial de Turismo, Jorge Holanda, fará o mesmo passeio pelo litoral com uma agente de Campinas.

 

 

Além disso, participaram de uma reunião no Gran Hotel Arrey aonde estavam presentes diversos representantes do setor turístico dos setores público e privado. Estavam no espaço os secretários das pastas tanto de Teresina quanto do Piauí, diretores das companhias aéreas, guias e agências de receptivo.

Para as empresas foi uma oportunidade de conhecer um novo destino do Piauí para melhor apresentar em suas agências. “Geralmente nosso cliente fala apenas de Delta do Parnaíba ou Serra da Capivara quando se refere ao Piauí. Agora vamos poder falar de Teresina também”, falou Eli Lencastre da Checkamos Turismo e Eventos do Rio de Janeiro.

Últimos dias para visitar o estúdio de Maurício de Souza em São Paulo

Grande parte dos adultos brasileiros de hoje cresceram lendo os gibis de Maurício de Souza. Se você gostaria de matar a saudade deste universo lúdico e colorido, saiba que o estúdio do artista na cidade de São Paulo, estará aberto à visitação até o dia 7 de fevereiro. Com visitas que duram cerca de uma hora e meia, quem conhecer a MSP – Maurício de Souza Produções poderá mergulhar no universo da turma.
Durante o passeio, os visitantes terão a oportunidade de conhecer os diversos processos de criação, bem como os diferentes espaços temáticos, ser fotografado e comprar alguns souvenirs na lojinha do espaço, com produtos exclusivos que são encontrados somente lá.
Em comunicado, Maurício de Souza promete novidades ainda este ano: “A Mauricio de Sousa Produções é um dos maiores estúdios de Histórias em Quadrinhos e entretenimento do mundo. Respiramos inovação e emanamos criação, premissas intrínsecas em nosso DNA. Por isso, estamos preparando ainda mais novidades e muitas surpresas para nossos visitantes, afinal a Turminha é uma anfitriã e tanto”.
Os ingressos estão disponíveis no site e custam a partir de 75 reais. Para fechar as férias com chave de ouro!

 

Fonte: Hypeness

Evento valoriza a cultura tradicional em São Raimundo Nonato

A Prefeitura de São Raimundo Nonato promoveu o I Encontro de Reisados de São Raimundo Nonato com o objetivo de fortalecer a identidade local e regional e a valorização da cultura imaterial.

Além de valorizar os grupos de reisados na cidade e região do Território Serra da Capivara, o evento incentivou a prática artística e cultural dos grupos de reisados da cidade e o saber dos mestres de reisado.

A Prefeita Carmelita Castro deu mais detalhes sobre o assunto: “Nós temos uma cultura muito forte de reisado e precisamos valorizar isso, então o primeiro Encontro de Reisados de São Raimundo Nonato veio com o objetivo de valorizar o saber dos mestres e mestras, que mesmo no anonimato, na informalidade, mantêm com seus próprios recursos, o folguedo vivo até os dias atuais”.

Durante o evento,foram realizadas apresentações com diferentes grupos. Culturart, Reisado da Mestra Tereza do Zé Piza, Reisado Povoado São Victor, Roda de São Gonçalo Quilombo Lagoas e Grupo do Novo Zabelê.

Com informações da Prefeitura de São Raimundo Nonato

Fotos: Joaquim Neto

 

Nova estrada permite conhecer toda a Rota das Emoções de carro comum

A Rota das Emoções, formada por 14 destinos litorâneos do Ceará, Piauí e Maranhão, acaba de ganhar um novo trecho pavimentado entre dois municípios dos Lençóis Maranhenses: Barreirinhas e Paulino Neves. As duas cidades ficam no entorno do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses que recebeu, em 2018, mais de 118 mil visitantes. A pavimentação, além de dar mais conforto a motoristas e passageiros, também encurtará em 400 km o trajeto de cargas entre o Maranhão e os outros dois estados incluídos na Rota das Emoções.

Com a novidade, todo o roteiro pode ser feito também em carros de menor porte, sem a necessidade de o turista alugar carro 4x4. A MA- 315 tem 38 quilômetros, sendo 10 quilômetros de piso intertravado em áreas urbanas - tipo de calçamento feito com pequenos blocos de cimento sobre a areia. O aspecto rústico gera baixo impacto ambiental. Além de facilitar o escoamento da água de chuva, a ecorodovia combina com as características do destino de natureza e aventura, contribuindo para a preservação da fauna e da flora. A obra inclui uma ponte sobre o Rio Novo, em Paulino Neves, com ciclovia e travessia exclusiva para pedestres.

Outro aspecto importante da ecorodovia é a integração entre os destinos da rota das emoções, facilitando a viagem dos turistas que chegam aos Lençóis Maranhenses por Barreirinhas (MA) ou que desembarcam em Jericoacora (CE), os dois extremos da rota turística. Paulinho Neves fica entre os cinco destinos maranhenses que integram o roteiro. Antes da pavimentação, os deslocamentos no novo trecho da Rota das Emoções eram feitos somente em veículos tracionados sobre a areia. A viagem completa passa por 14 cidades nos três estados.

Com a chegada da alta temporada, empreendedores e moradores comemoram o aquecimento da economia local em função do aumento da circulação de turistas pela nova rodovia. São pequenos negócios e meios de hospedagem que passaram a receber mais visitantes e consumidores. O empresário Luis Reis, que tem uma pousada de 15 apartamentos, comemora a ocupação total de seu empreendimento por turistas. “Antes, a minha ocupação dependia dos hóspedes de uma empresa eólica que se instalou aqui”, contou ele, que ampliou o negócio de 5 para 15 quartos e já pensa em construir mais apartamentos, agora para atender a demanda dos turistas.

O empresário também preside o Conselho Municipal de Turismo de Paulino Neves e reconhece a necessidade de melhorar a infraestrutura local para receber os visitantes. “No último final e semana faltou cadeira na praia de tanta gente que veio conhecer nossa cidade”, disse. O município, além de lagoas, rios e dunas, conta com 30 quilômetros de praias desertas. A partir do novo destino, os turistas também poderão conhecer atrativos como Caburé, Vassouras, Mandacaru e Atins, antes só alcançados a partir de Barreirinhas e Santo Amaro ou ainda de barco pelo rio Preguiças.

Paulino Neves, assim como Tutóia, fica na parte dos ‘Pequenos Lençóis’, que ainda são menos visitados, enquanto que Barreirinhas e Santo Amaro, que concentram a maioria dos atrativos e serviços turísticos, ocupam a área dos ‘Grandes Lençóis’, onde fica o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Já Araioses, o quinto destino maranhense da Rota das Emoções, fica no Delta do Parnaíba. O rio Parnaíba desagua entre dezenas de ilhas que se dividem entre os estados do Maranhão e Piauí. 

 

Fonte: Ministério do Turismo

Passeio compartilhado barateia um contato mais íntimo com o Delta

Existem 2 maneiras principais de conhecer o Delta do Parnaíba. Uma é ir em um dos catamarãs que levam dezenas de pessoas em passeios com muita comida, música e paradas para banho. A outra é ir de lancha com maior liberdade de contato com a natureza (nunca esqueça da sustentabilidade), paradas a sua escolha e com um grupo de amigos mais restrito. Esta última tinha o problema de ser muito cara. Isso afastava os turistas que queriam conhecer o Delta mas não gostavam dos badalos dos catamarãs ou não tinham dinheiro para ir de lancha.

Atento a este problema, o empresário Keyni Maciel articulou um passeio compartilhado de lancha pelo Delta. A ideia é simples. Indivíduos ou pequenos grupos manifestam online ou por outro meio de contato o interesse de percorrer o Delta em uma lancha. Juntando pelo menos 4 pessoas e no máximo 30, pode-se fazer o passeio. 

 

O investimento é de R$150 reais e a navegação começa às 14h30 e vai até as 18h30. Horário que permite experiências diferenciadas, como curtir a Revoada dos Guarás e ver circulando pelos manguezais vários animais noturnos. Keyni afirma que o passeio compartilhado tem sido um sucesso. “Praticamente todos os dias formamos grupos. São casais, aventureiros ou outros pequenos grupos que querem fazer uma passeios com maior contato com a natureza.”

Essa forma de conhecer o Delta não é apenas um empreendimento econômico. Ele parte do conceito de economia compartilhada. Segundo este, um desconhecido é apenas um amigo que ainda não se conhece. Assim, o passeio é uma forma de conhecer o atrativo e novas pessoas durante uma experiência única.

Quer finalmente conhecer o Delta através de uma lancha? Só entrar no site https://passeioaodelta.com.br/ e se inscrever.

Sesc abre inscrições para hotel no Carnaval

O Carnaval está chegando e as reservas para o período no Sesc Praia, em Luís Correia, estão abertas desde as 00h00 do dia 07 de janeiro de 2019 (horário local) e somente são feitas pelo e-mail sescpraia@pi.sesc.com.br.

O pacote contempla diárias de 02 a 06 de março, com check in a partir das 14h e check out até às 12h. Crianças até 06 anos são isentas de pagamento, crianças de 07 a 12 anos pagam apenas 50% do valor e acima de 12 anos pagam valor integral.

Estão inclusos no pacote café da manhã, acesso livre às áreas de lazer do hotel e estacionamento gratuito. Os quartos são equipados com ar-condicionado, TV, telefone, frigobar, chuveiro elétrico, guarda volumes e internet WI-FI.

Confira abaixo os valores:

Apto. Triplo Standard: 06x de R$ 124,00 - Total R$ 744,00 - Tarifa para comerciários e dependentes
Apto. Triplo Luxo: 06x de R$ 137,00 - Total R$ 822,00 –Tarifa para comerciários e dependentes
Apto. Quádruplo Luxo: 06x de R$ 167,00 - Total R$ 1.002,00 – Tarifa para comerciários e dependentes

**Valores e condições estão sujeitos à alteração sem aviso prévio. 


Maiores informações podem ser obtidas através do telefone (86) 3367-8900.

 

Fonte: Sesc Piauí

Estudo mostra que passagens aéreas aumentam na Black Friday

A Black Friday, uma das datas mais importantes para o varejo, se aproxima e é preciso ficar atento para não cair nas armadilhas das falsas promoções. De acordo com a Kayak, ferramenta de planejamento de viagens, boa parte dos preços de passagens aéreas custa menos na semana anterior à sexta-feira de promoções ou na seguinte, o que significa que os preços sobem durante a temporada de descontos.

De acordo com o levantamento, numa lista de 15 destinos mais buscados, apenas três (São Paulo, Fortaleza, no Ceará, e Orlando, nos Estados Unidos) estavam com bilhetes mais baratos na Black Friday, se comparados com os valores praticados nas semanas anterior e posterior.


Para se ter uma ideia, o custo de uma passagem para Natal, no Rio Grande do Norte, aumentou 168% durante a Black Friday de 2017. Uma semana depois, por exemplo, o preço teve queda de 55%.

Um bilhete para Buenos Aires, na Argentina, subiu 148%, em média, na semana de promoções do ano passado, o que indica que nem sempre é um bom negócio fazer a compra durante a temporada de descontos.

“O estudo revela que nem todos os atores do mercado de turismo aderiram à Black Friday ainda. Portanto, é importante se planejar e acompanhar preços de passagens aéreas com bastante antecedência para encontrar as melhores ofertas”, afirmou em nota Eduardo Fleury, líder de operações do Kayak no Brasil.

“Apostar todas as fichas na Black Friday, especialmente para viagens de final de ano, pode não ser uma boa escolha”, completou.

De acordo com o histórico do Kayak, comprar passagens nacionais com cerca de um mês de antecedência e passagens internacionais de 3 a 4 meses antes da viagem pode garantir entre 15% e 25% de economia.

Uma outra dica é ativar um alerta de preços para seus destinos preferidos, que vai notificá-lo quando as passagens estiverem mais baratas.

 

Fonte: Extra

Piauienses terão mais facilidade para ir aos Estados Unidos e Caribe

Na última quinta-feira (08), as empresas Azul e Copa Airlines anunciaram um acordo de codeshare. Isso significa que elas vão operar voos compartilhados. Entre as facilidades que são oferecidas para os passageiros estão a emissão de uma única passagem e o fato de não precisar fazer recolhimento de bagagem entre uma parada e outra. Além disso, os pontos dos programas de fidelidade também vão valer para as 2 empresas.

Todas essas medidas aumentam as ofertas para quem se dirige ao Caribe e à América do Norte já que a Copa Airlines é uma empresa do Panamá. A capital deste país é considerado o maior ponto de ligação entre as Américas e de lá seguem voos para diversas cidades latinas e norte-americanas.

Para facilitar a compreensão vamos dar um exemplo. Atualmente quem deseja ir para Miami, precisaria comprar uma passagem no site da Azul e depois uma na da Copa Airlines, fazer um check in na companhia brasileira em Teresina ou Parnaíba e outro em Recife, Fortaleza ou São Paulo na empresa panamenha. Isso inclui receber e entregar bagagem e nenhum contato entre as 2 empresas com o risco de um atraso gerar perda de voo. Com a mudança, o viajante pode pegar seu voo em uma das cidades piauienses e sua passagem vale até Miami aonde sua bagagem será recebida.

Além dos passageiros serem beneficiados as 2 empresas são ainda mais. A Copa Airlines se alia a aérea brasileira que atende a maior quantidade de destinos e a Azul amplia a sua oferta por voos internacionais. A medida tende a valer a partir de dezembro, quando algumas autorizações de agências panamenhas devem sair.

Serra da Capivara por um guia local

 

Há mais de15 anos, Edu Coelho percorre os rastros dos primeiros homens das Américas. Participante da Equipe Kraos, o guia recebe praticamente todos os dias visitantes da Serra da Capivara na cidade de Coronel José Dias. Participante de um curso de condutores realizado pela Fundação Museu do Homem Americano (FUMDHAM) em parceria com o Instituto Chico Mendes, ele começou como voluntário fazendo limpeza de trilhas.

Atualmente, ele faz parte de uma das várias equipes de condutores que tem no Parque Serra da Capivara. Para a visitação é obrigatório o acompanhamento de um guia. O valor da diária é padronizado em R$150 reais para grupos de até 8 pessoas. A Equipe Kraos é muito ativa no Facebook e no Instagram podendo o agendamento ser feitos nesses meios. Eles também disponibilizam os telefones (89) 35851109 e (89) 981042838.

Dicas de Castelo, Oeiras e Sete Cidades com os guias

 

Roteiro do Especialista

Todos os roteiros dessa sequência de postagens começarão a partir de meio-dia de sexta e irão até meio-dia de domingo, o que seria equivalente a 2 diárias na cidade.

 

 

Sexta-feira

O atrativo do local é o Parque Nacional Serra da Capivara. Então, prepare-se que tem muita caminhada, muito sol e cansaço, mas as paisagens e a cultura compensam a cada segundo. Para a visita no fim da tarde, a dica é fazer o circuito do Desfiladeiro da Capivara. Além do caráter histórico de ter sido o primeiro descoberto por Niede Guidón, não é preciso longo trecho de carro e as caminhadas são leves. Há uma subida para ter a vista panorâmica do Sítio Toca da Entrada do Baixão da Vaca, mas que é bem estruturada.

 

Sábado

No segundo dia, Edu recomenda a visita ao Museu do Homem Americano, que fica em São Raimundo Nonato, e à Cerâmica Artesanal. O museu possui uma bela estrutura e a cerâmica produz peças de qualidade diferenciada e reconhecidas internacionalmente. Voltando ao parque a dica é fazer a Trilha Hombu. Esta mistura Pré-história e História através da visita tanto de sítios arqueológicos como de locais que preservam a cultura sertaneja dos maniçobeiros. Para quem deseja curtir a noite, pode-se aproveitar a tranquilidade em algumas pousadas ou campings em Coronel José Dias ou ir para São Raimundo Nonato, aonde existem alguns bares em volta às 2 principais praças.

 

 

Domingo

O último dia é guardado para o principal cartão-postal da Serra da Capivara que é o monumento geológico da Pedra Furada. Dentro do circuito Baixão Pedra Furada, Edu indica que existem diversos outros sítios arqueológicos e um centro de visitantes. Nesse passeio estão as principais áreas de descobertas científicas do parque até o momento.

Castelo do Piauí e região com o guia que sabe de tudo

Mirante na região do Pico dos André. Foto: Augusto Junior Vasconcelos

 

Seguindo os roteiros com os guias do Piauí, o especial chega a Castelo do Piauí. Quem apresenta a região é Augusto Junior Vasconcelos, mas que poderia ter o sobrenome turismo. Professor de Geografia e trabalhando como condutor há mais de 15 anos, ele já acompanhou vários jornalistas nacionais como Fernando Gabeira, Francisco José e Cristiane Dias pelos atrativos.

 

Veja as dicas de Oeiras com a guia local

 

O trabalho de Augusto no turismo começou em um curso ofertado pela Prefeitura de Castelo e pelo Sebrae. Ao final das aulas sobre assuntos como atendimento, inglês básico para turismo e arqueologia os alunos decidiram fundar a Associação dos Condutores de Turistas de Castelo (Condatur). Não houve muitos cursos depois mas a instituição existe até hoje. Para contratar um guia basta entrar em contato pelo Facebook ou pelo telefone (86) 998420052. As diárias vão variar de acordo com o tamanho do grupo. Quando este tem mais de 5 pessoas, custa R$10 reais por integrante. Se forem menos de 5, geralmente a taxa é de R$90 reais para todos.

Roteiro do Especialista

Todos os roteiros dessa sequência de postagens começarão a partir de meio-dia da sexta e irão até meio-dia do domingo, o que seria equivalente a 2 diárias na cidade.

Banho natural e água bem transparente na região do Rio São Miguel. Foto: Augusto Junior Vasconcelos

Sexta-feira

Para se recuperar da viagem e já fugir do calor, a dica da tarde do primeiro dia é seguir para o Esporão Eco Park, também conhecido como Canyon do Rio São Miguel. O local é um banho de águas naturais bem transparentes que funciona em área particular e precisa de agendamento com um guia da Condatur. Próximo a ele, Augusto destacou o Poço da Sambaíba.

 

Piripiri e Sete Cidades por quem conhece em detalhes

 

Sábado

Augusto acompanhando Fernando Gabeira na Pedra do Castelo

 

O segundo dia de viagem é reservado para um dos cartões-postais locais, que é a Pedra do Castelo. Um guia pode tornar a experiência mais completa porque conhece as histórias que relacionam o atrativo à religiosidade e à arqueologia. Depois de uma trilha de 2km, pode-se curtir o visual do Mirante das Arraias e tomar um banho no lago que tem uma cachoeira apenas durante o período chuvoso, mas que nunca seca.

No final da manhã faz-se um pequeno City Tour e na tarde segue-se para a região do Picos do André, que fica a 25km. Além de diversas formações rochosas impactantes, o local é um dos recintos com maior quantidade de Pinturas Rupestres ficando abaixo apenas da Serra da Capivara.

Domingo

No último dia é preciso acordar cedo para ir ao famoso Cânion do Rio Poti. A parte mais visitada fica no município de Buriti dos Montes, a 55km de Castelo. Depois de cerca de 1 hora de estrada, chega-se à Fazenda Enjeitada, que serve de ponto de apoio no local. Lá são oferecidas 2 possibilidades de passeio. Uma com lancha coberta e outra em uma canoa de alumínio. Cada uma tem seus benefícios. Na primeira existe mais conforto, mas o passeio demora menos tempo, é mais caro e não percorre uma grande área. Na canoa existe segurança e maior liberdade para conhecer mais lugares e controlar o tempo. Depois de curtir o cânion é hora de voltar para casa.

Posts anteriores