Cidadeverde.com

Seguro de viagem: dicas para essa importante proteção

Para que suas férias tenham apenas boas lembranças, é importante estar preparado para imprevistos desagradáveis. Extravio de bagagem, roubo ou perda de passaporte e despesas médicas ou odontológicas, são alguns dos problemas que podem tornar sua viagem um caos.

Para evitar que isso aconteça, o ideal é contratar um bom seguro viagem e um seguro saúde internacional, que juntos são comercializados como Assistência Viagem. Este seguro, aliás, é obrigatório em alguns países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Irlanda, Islândia, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Suécia e Suíça.

No mercado é possível encontrar várias soluções que se adequam às necessidades do viajante e que irão proporcionar segurança e tranquilidade para toda a família.
A diretora de Personal Lines da corretora BR Insurance, Ana Badaró, dá algumas dicas para serem observadas na hora de contratar o seguro viagem. “É importante ficar atento às coberturas oferecidas e contratar um seguro adequado ao seu perfil. Também é relevante conhecer os riscos e sinistros que não estão cobertos”, observa a executiva.
Ana ressalta ainda que é importante considerar a contratação do seguro viagem e saúde, pois são dois serviços diferentes. “O seguro viagem atua na cobertura das despesas que o segurado tiver em casos de extravio de bagagens, atraso de voo ou cancelamento de viagem. Já o seguro saúde cobre despesas com internação, exames, medicamentos e atendimento médico”, explica.

10 dicas para não errar na hora de contratar o seguro viagem:

1- Avalie qual cobertura é adequada ao seu perfil;
2- Conheça bem suas coberturas;
3- O cancelamento do seguro viagem pode ser feito em até sete dias úteis sem custo;
4- Verifique a disponibilidade de assistência local;
5- Compare os seguros oferecidos pelas agências de viagem e pelas empresas de cartões de crédito aos seguros oferecidos por corretoras;
6- Verifique se o plano cobre doença preexistente;
7- Entenda o que é assistência e o que é seguro viagem;
8- Lembre-se que verifica se para o seu destino a contratação do seguro viagem é obrigatória;
9- Informe o corretor os detalhes da viagem;
10- Tenha sempre em mãos os telefones úteis caso precise acionar o seguro.

 

Fonte: Investimento e Notícias