Cidadeverde.com

Quando viajar à Europa. Agora?

A Europa é um dos lugares mais procurados por brasileiros para viver a viagem dos sonhos. E muitos de nós nos perguntamos qual seria a melhor época para explorar os diversos países do velho continente. São incontáveis as perguntas que recebemos: É realmente frio no inverno? Será que neva? Será que chove? O calor no verão é mesmo de matar?

A verdade é que ninguém aqui é São Pedro. Ou seja, mesmo sabendo mais ou menos uma previsão de como será o tempo, clima é uma coisa que muda o tempo todo. Não dá para ter certeza se vai chover ou não. Ou se vai nevar. Ou se vai chegar uma onda de calor inesperada. Ainda assim, dá para planejar mais ou menos a melhor época para conhecer os países da forma como você quiser.

Porque a verdade é que a melhor época para viajar pela Europa vai muito mais de você do que do clima. Não acredita? Olha só.

Alta Temporada, ou seja, o verão


De meados de junho até meados de setembro é verão na Europa, sendo agosto o mês mais movimentado porque é exatamente quando quase todo mundo está de férias (como em janeiro no Brasil). Nessa época do ano os preços sobem, as cidades turísticas ficam cheias e os restaurantes podem requerer reservas. Se você viajar nessa época, reserve tudo com muita antecedência.

No verão, não costuma chover e faz bastante calor. Mesmo nos países que normalmente são mais frios, vai chegar perto dos 40 graus em alguns dias. A questão é que nem todos os dias são assim, e às vezes você vai precisar até de um casaco.

Logo, arrume uma mala para um verão como no Brasil, mas coloque na bolsa também um casaquinho, uma calça comprida e uma capa de chuva. Se você odiar muito calor e lugares lotados, o verão não é a melhor estação para você vir para Europa. Ao mesmo tempo, quem curte festa, programações ao ar livre e movimento dia e noite pode marcar as passagens feliz para o período.

Baixa Temporada, ou melhor, o inverno


O inverno começa oficialmente no final de dezembro, perto do Natal. Serão longos três meses de dias curtos e frios, chuva e neve em alguns lugares. Nos países do norte da Europa, entretanto, esse frio começa a ser sentido bem antes. A partir do final de setembro você já precisa preparar bons agasalhos – a temperatura já começa ficar abaixo dos 10º. Já nos países do sul, o frio mesmo só chega lá para novembro.

Até mesmo em Portugal, que é um país dos mais quentes, a temperatura fica na casa dos 0º em alguns dias. E chove bastante. Dá para caminhar pelas ruas de Paris ou circular pelas cidades com neve na Alemanha, mas tudo isso com parcimônia e paradas estratégicas para se aquecer, além, claro, da necessidade de usar roupas adequadas.

Mesmo com o dia acabando entre 15h ou 16h, o inverno costuma ter uma luz linda, com o sol nunca atingindo o topo do céu. Além disso, os preços podem cair até pela metade – desde que não seja a semana do Natal e Ano-Novo (essa também é considerada alta temporada).

Vir no inverno na europa significa não enfrentar filas e sentir que as cidades são só para você. Mas também exige uma boa dose de planejamento e paciência, já que algumas atrações e restaurantes fecham no período. Você também não vai ver tanta gente nas ruas e o clima é menos alegre, digamos assim.

O retorno do calor, ou a primavera


A primavera é um momento mágico na Europa. De repente, o sol volta a brilhar, as pessoas voltam a sair de casa e sorrir, as flores começam a surgir e as árvores voltam a ficar verdes. Os dias começam a durar bem mais. Enfim, na primavera todo mundo desentoca. E também é uma excelente época para visitar o continente. 

Além desse clima de felicidade já relatado, na primavera ainda não está tão calor e nem tão frio. Vai variar um pouco de acordo com os países, mas, em geral, são dias bonitos de temperaturas amenas. Os jardins estarão lindíssimos. E os preços não serão tão altos, porque essa é a média temporada, abril e maio, quando quase ninguém tem férias. Nada de lotação nos lugares, mas já com mais gente nas ruas e aproveitando o sol que voltou.

A mala para primavera tem que ser bem diversificada. Traga um bom casaco para o caso de fazer um frio inesperado, mas também dá para trazer shorts ou vestidos para os momentos de sol, com um casaquinho leve para ter sempre com você.

A meia estação, ou o outono


Se a primavera é uma explosão de cores, o outono é mais sereno, com seus tons vermelhos e amarelos. 

Você ainda encontra calor nos países do sul da Europa, como Portugal, Espanha e Itália. Dá até para pegar uma praia em pleno outubro. Já no norte, estará frio, mas um frio mais “contido” do que no inverno e sem as chuvas e neve.

No outono há as cores que a gente não encontra no Brasil. As folhas no chão. O ventinho frio à noite. É excelente para quem detesta calor e também é bom para quem foge do frio. Também é bom, porque assim como a primavera, os preços estarão mais amigáveis, com mais promoções, menos coisas lotadas.