Cidadeverde.com

Ópera Serra da Capivara I: dicas para aproveitar esse evento único

O final de julho está recheado de programações no estado. Mas certamente a mais grandiosa delas é a Ópera da Serra da Capivara. Já se falou muito em todos os meios de comunicação das atrações e do palco mágico em que ela se realizará. Músicos, dançarinos e muitas surpresas locais, regionais, nacionais e internacionais prometem levar ao parque um evento único na história do Piauí.

Para aproveitar melhor a Ópera, o site do evento está completíssimo. Acesse o www.operadaserradacapivara.com e confira informações completas de programação, atrações, dicas de hospedagem e alimentação e, principalmente, reserve seu ingresso a partir de amanhã, pois as vagas são bem limitadas.

Mas o Idas e Vindas sempre busca deixar nosso leitor superpreparado para suas viagens. Então preparamos algumas dicas para a viagem ir além da Ópera. Hoje você verá como aproveitar melhor o percurso até São Raimundo Nonato e saberá um pouco mais dos locais de hospedagem. Amanhã, saberá um pouco mais sobre os passeios.

Como aproveitar melhor a ida

Oeiras fica no meio do caminho de carro. Você pode descansar na primeira capital.

De avião – Sim, dá para ir a São Raimundo Nonato de avião. Há pouco mais de 1 ano a rota é feita pela TW Fly. Às segundas e quintas, o vôo sai às 8 horas de Teresina e custa R$250 reais. Recentemente, a aeronave foi modificada para um modelo que transporta até 18 passageiros. É feita uma parada em Picos. O site da empresa está sendo reestruturado e as passagens devem ser compradas no aeroporto.

De ônibus – Essa opção exige uma pacienciazinha. A viagem dura entre 8 e 9 horas, mas os ônibus que fazem a linha são confortáveis. A frequência é pouca, apenas 5 a 6 por dia saem da Rodoviária de Teresina. A passagem está custando aproximadamente 97 reais e é oferecida pelas empresas Lider (86 - 3301-9999), Transpiauí (86 – 3218-1961) e Princesa do Sul )86 – 3218-1961).

De carro – São 522km de distância. Não dá para dizer que é perto. Mas se a estrada é longa, ao mesmo tempo é bela. Para evitar uma viagem cansativa, pode-se dar uma parada. Entre as opções estão Oeiras, Floriano, Amarante e Ipiranga. As duas primeiras estão praticamente no meio do caminho e tem boas hospedagens que podem ser uma opção para uma viagem mais tranquila, principalmente para quem vai com crianças.

Onde ficar

Restaurante do Hotel Serra da Capivara, que reabriu depois de 6 meses

No site do evento existe uma seção gigante com os locais de hospedagem. Pousadas, hotéis, camping, albergue e pousadas domiciliares estão entre as opções. Em uma pesquisa rápida detectamos que a variedade de preço da diária é muito grande. Variam entre 50 reais e 130. Mas, fique atento. Muitos locais já estão cheios para os dias do evento. Então corra.