Cidadeverde.com

1 destino, 5 dicas: Mykonos na Grécia

Ilha de Mykonos na Grécia é uma pérola no Mar Egeu.

Hoje, o blog inaugura uma nova seção que, conforme o título diz, se chama “1 destino, 5 dicas”. Nela o leitor aponta um local que gostou muito de visitar e aproveitamos para dar outras dicas para os demais leitores se interessarem pelos atrativos.

O primeiro destino foi apontado pela empresária Ludmila Araújo que viajou para a ilha grega de Mykonos. Conheça um pouco mais desse ponto badaladíssimo no meio do mar Egeu.

Dica 1  - Arquitetura

Moinhos de vento são o maior destaque da arquitetura da ilha grega

A beleza de Mykonos está na simplicidade que se mistura com o glamour. As casinhas de pedra todas brancas com portas coloridas formam um cenário tradicional de ilha grega que mantêm seu vínculo com a história. As ruas mais parecem labirintos. A ilha de pouco mais de 100m² conta com mais de 300 pequenas igrejas.

O maior destaque são os moinhos de vento. Ao se chegar de barco à ilha é a primeira vista. Foram construídos no século 16 pelos venezianos, quando estes ocuparam o local. Vale destacar também o bairro Little Venice e a igreja Panayia Paraportiani.

Dica 2 - Praias

Águas claras e transparentes do mar Egeu

As águas do mar Egeu em Mykonos ganham um tom azul turquesa único. Existem diversos tipos de praia. A que fica mais perto do centro, a de difícil acesso, as tranquilas e as badaladas. Dependendo da época, quase todas estarão cheias de turistas dos mais diversos cantos do mundo em suas infinitas espreguiçadeiras e beach clubs.

Dica 3 - Baladas

Baladas com DJ's internacionais são diárias na alta estação

Mykonos passou a ter atenção e maior glamour apenas da década de 1950. Quando a multimilionária Jackie Onassis passou alguns dias na ilha e construiu joalherias, o local explodiu para o turismo. Houve fases em que Mykonos ficou muito identificada com os gays. Toda essa mistura hoje se encontra por lá em um ambiente aonde existe tolerância e muito dinheiro. Com tudo isso, na alta estação existem festas badaladíssimas com DJ’s de renome internacional, tendo meses em que diariamente grandes atrações estão em alguma casa da ilha. Cabe ao turista pesquisar a que mais lhe interessa, programação sempre haverá.

Dica 4 - Dica da leitora

Ludmila Araújo aproveitando o pôr do sol na ilha grega

A dica da empresária Ludmila Araújo para o blog foi o Hotel Cavo Tagoo:

"É um dos melhores pontos para apreciar o pôr do sol e tomar um bom drink. Além de dispor de um restaurante Japonês maravilhoso chamado Kiku e hospedagem com muito requinte."

Dica 5 - Organize-se

A Grécia faz parte da União Européia e por isso é interessante ter algumas precauções. Primeiro tenha o passaporte com mais de 6 meses para o fim da validade. Vá com passagens de volta compradas e seguro de viagem. De preferência tenha o hotel reservado anteriormente também. Alguns apontam que a vacina contra a Febre Amarela também é interessante estar tomada para evitar imprevistos.

Não existe vôo direto do Brasil para a Grécia, logo será preciso fazer escalas. Há um aeroporto internacional que recebe vôos principalmente gregas e algumas de outros países da Europa durante a alta estação. Também é possível chegar de barco ou ferryboat. Dentro da ilha recomenda-se evitar o carro. Quadriciclo e moto são os mais indicados, mas existem táxis e ônibus para evitar que o trânsito vire dor de cabeça.

Lembre-se que a moeda é o Euro. Existem diversas casas de câmbio no centro comercial de Mykonos.