Cidadeverde.com

4 carnavais muito bons que não aparecerão tanto na TV

 

Recife, Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro. Geralmente essas são as cidades que a televisão mostra no Carnaval. Às vezes há espaço para Ouro Preto e regionalmente Luís Correia. Mas a festa não é uma tradição de poucas cidades, tem origem católica e por isso muitos países tem grandes manifestações no período. O blog separou alguns locais que também oferecem uma festa de momo incrível.

 

 

Barranquilla – Colômbia

Se pudesse fazer uma comparação com o Brasil, poderia dizer que é um Carnaval próximo ao do Rio de Janeiro, mas em menor proporção. Existem pequenos blocos de rua que se concentram em uma das ruas do Centro de Barranquilla. No entanto, o que torna essa festa Patrimônio Cultural Imaterial pela Unesco são os desfiles. Grupos tradicionais fazem apresentações que remontam à cultura caribenha. Assim como as Escolas de Samba, os integrantes passeiam cheios de adereços bem trabalhados e fazem parte de uma disputa.

Os dois principais eventos são a Batalha de Flores, que acontece no sábado e o Enterro de Joselito Carnaval que marca o fim da festa.

 

 

Quebrada de Humahuaca – Argentina

A festa mistura as tradições andinas com as europeias. Ela começa com o desenterro do Diabo no sábado de Carnaval. Isto é feito em um monte de pedras que durante o ano é regado com bebidas, cigarros e outros itens. Nesse primeiro momento não se usam fantasias e nem máscaras. Nos dias seguintes a festa é decorada por um colorido forte.

Fazendo um comparativo com o Brasil, o carnaval da Quebrada de Humahuaca estaria mais próximo do de Olinda. No lugar do frevo, ritmos andinos animam a festa de rua que termina apenas no sábado seguinte quando o Diabo é enterrado.

 

 

Belo Horizonte

É um dos carnavais que mais tem crescido no país. Se muita gente vê a festa de Ouro Preto como uma das mais tradicionais do Brasil, Belo Horizonte tem buscado ocupar seu espaço também. Para 2018, mais de 380 blocos ocupam as ruas da cidade tocando diversos ritmos. A prefeitura espera que mais de 3 milhões de pessoas pulem na capital de Minas Gerais.

E se quiser pular também em Ouro Preto não tem problema. De Belo Horizonte para a cidade histórica são apenas 97km.

 

 

Veneza – Itália

Esse já é bem mais famoso, mas é bem diferente do carnaval brasileiro. Primeiro, é importante ressaltar que na Europa é inverno. Então, a média de temperatura está próxima de 0ºC. Os momentos mais importantes da festa acontecem nas praças venezianas e nos salões.

A escolha da moça mais bela é um dos momentos mais especiais. O carnaval é bem caro, caso queira participar de um dos bailes de máscaras fechados, além de se fantasiar, é preciso comprar uma entrada que custa no mínimo 500 euros.