Cidadeverde.com

Estradas da caatinga: Arredores de Floriano. A 2ª igreja mais antiga do Piauí

Igreja de Santo Antônio em Jerumenha é ponto histórico do Piauí e está bem preservada

Chegando ao 3º dia de viagem resolvi conhecer 2 cidades próximas de Floriano antes de seguir para a cidade de Oeiras. Valeu muito a pena, apesar de ter passado pela única estrada em péssimo estado até o momento.

Jerumenha não está entre as cidades mais famosas do Piauí. Com menos de 5 mil habitantes, ela fica a apenas 40 minutos de Floriano em uma estrada rodeada de lindos morros e fazendas. No entanto, o município foi uma das primeiras áreas do Piauí em que pessoas se estabeleceram. Apesar de ganhar o status de cidade apenas no final do século XIX, ainda no século XVIII ela começou a ser povoada.

Itens históricos que podem ser vistos na Igreja

Por causa disso, ela guarda um dos patrimônios históricos mais relevantes do interior do Nordeste. A Igreja de Santo Antônio começou a ser construída em 1741 e foi finalizada em 1746. É a segunda mais antiga do Piauí, apenas a de Nossa Senhora da Vitória, em Oeiras é mais antiga. Conheço igrejas de várias cidades históricas brasileiras mas muitos aspectos do templo de Jerumenha me encantaram. Lá não existe ouro e nem pinturas de telhado feitas por grandes artistas, mas a maneira como vários objetos foram trabalhados tornam muito expressivo perceber, naquela pequena igreja, como as demandas religiosas eram tratadas com imenso zelo.

Lago da barragem possui estrutura para banhistas

Depois de visitar Jerumenha segui para Guadalupe aonde fica a Barragem de Boa Esperança. No local existe o Balneário Belém Brasília que possui uma estrutura razoável. A beleza do lago formado pela estrutura e os morros que compõem o visual são bons motivos para conhecer o local. Mas existem 2 problemas sérios. O primeiro, e principal, são as condições da estrada que liga Jerumenha e Guadalupe. Dos 40 km de rodovia, cerca de 30 km estão em péssimas condições com diversos buracos. O segundo é que no trecho que passa por cima da barragem não existe um ponto de parada para observação. De acordo com o vigia no local, a medida foi tomada porque alguns moradores faziam manobras arriscadas de cima da passagem.

Vista de cima da passarela que passa pelas comportas

Em seguida foram 2 horas de viagem até Oeiras. A primeira capital tem passado por uma verdadeira remodelação de seu turismo. Bons restaurantes, hóteis confortáveis e museus reestruturados tornam a cidade um destino bem melhor de ser visitado. Na próxima postagem eu mostro vários detalhes.

Estradas da Caatinga: Floriano, uma cidade moderna, religiosa e à beira do Parnaíba

Especial: Encantos do sertão nordestino. Pegando as estradas da caatinga.