Cidadeverde.com

Um roteiro por Teresina em seu aniversário

Vista do Mirante da Ponte Estaiada

 

Para comemorar os 166 anos da capital do Piauí o blog preparou uma dica de roteiro pela cidade. Espero ajudar os teresinenses que amam a cidade a conhecer e apresentar melhor a seus visitantes a aniversariante do dia.

 

Manhã

 

Artesanato em cerâmica no Polo Cerâmico de Teresina

 

Apesar de ser uma cidade com mais de 800 mil habitantes, em Teresina acordar com o som dos pássaros ainda é possível, então curta isso. Para o café da manhã, a dica é seguir para um dos tradicionais mercados da cidade, como o do Mafuá e o da Piçarra. Aproveitar para comer um bolo frito, um cuzcuz com carne de sol ou um beiju com queijo coalho acompanhados por café ou sucos de cajá, tamarindo, bacuri, acerola ou carambola. Se preferir passar por uma padaria, procure um doce artesanal local que muitas oferecem.

Depois do café, siga para a região aonde Teresina nasceu. No Poti Velho estão atrativos históricos, culturais e naturais. Antes de seguir para o bairro, pode ser feita uma parada no Parque Lagoas do Norte com destaque para a Praça dos Orixás. Na sequência, separe um tempo para passear pelas diversas lojinhas do Polo Cerâmico. Além de ver os produtos, procure conhecer melhor o trabalho dos artesãos. Todos são simpáticos e as oficinas ficam nas próprias lojas. Nem só os ceramistas estão por lá, muitos trabalhos em madeira também estão presentes. Caso queira conhecer melhor esses trabalhos, na Rua João Isidoro França está o Centro de Produção de Arte Santeira. Bem próximo a estes pontos está a Capela de Nossa Senhora do Amparo, que é mais antiga que Teresina.

Para terminar o passeio pela região do Poti Velho, um dos principais cartões-postais da cidade é o Parque Encontro dos Rios. Tire uma foto no local em que fica perceptível a divisão das águas barrentas e agitadas do Rio Parnaíba com as águas escuras e lentas do Rio Poti. Se preferir fique pelo Restaurante Flutuante para o almoço ou procure um restaurante pela cidade para comer pratos tradicionais como panelada, sarapatel, carne de sol ou carneiro.

 

Tarde

 

Altar da Igreja de Nossa Senhora das Dores no bairro Vermelha

 

Logo depois do almoço, a verdade é que o foco do teresinense é fugir do calor. Procurar uma rede e de preferência onde haja ar-condicionado. E o melhor local turístico para pegar um vento frio é a Ponte Estaiada. Por isso, subir no seu mirante, muito bem climatizado, é um bom programa para depois do almoço.

Em seguida, seria hora de ir ao Centro, mas acho que muita coisa estará fechada por causa do feriado. As 3 praças principais de Teresina e que não podem deixar de ser visitadas são Bandeira, Pedro II e Saraiva. Na primeira, a capital nasceu e lá estão locais como o Museu do Piauí, o Mercado Central e o Palácio da Cultura, todos reformados recentemente, e a Igreja de Nossa Senhora do Amparo. Para quem curte compras tem o Shopping da Cidade.

Siga para a Praça Pedro II, aonde estão o Complexo Cultural Clube dos Diários, o Teatro 4 de Setembro e o Centro de Artesanato Mestre Dezinho. Caminhando um pouquinho mais, passeie pela Avenida Antonino Freire, a menor do mundo, onde há o Palácio de Karnak e a Igreja de São Benedito que infelizmente está fechada para reforma há algum tempo. Prolongando um pouco o passeio pela Avenida Frei Serafim estará o lindo prédio do Colégio das Irmãs.

Concluindo o roteiro pelo Centro, na Praça Saraiva estão a Catedral de Nossa Senhora das Dores, o casarão que abriga a Casa da Cultura de Teresina e o tradicional Colégio Diocesano. A 4 quadras da praça está o Museu de Arte Sacra Dom Paulo Libório com peças antigas e uma casa com arquitetura colonial. Para fechar o caminho pela zona central, recomendo um prolongamento até a Igreja de Nossa Senhora de Lourdes no bairro Vermelha, que tem todos os seus detalhes produzidos por artesãos santeiros em madeira do próprio bairro.

 

Arquitetura do Museu de Arte Sacra Dom Paulo Libório

 

Noite

 

O ideal é ir para um dos 2 parques mais centralizados de Teresina. O Parque da Cidadania fica no principal cruzamento da capital. Entre as avenidas Frei Serafim e a Miguel Rosa, do lado da estação ferroviária. Visitar o Museu de Arte Santeira e a antiga casa é importante. Já o Parque Nova Poticabana fica a beira do Rio Poti e é mais para aqueles que gostam de esportes. Corrida ou caminhada, patins, skate e bicicleta são algumas pedidas.

Depois desse passeio, tome um banho para se refrescar, se arrume e curta a noite no Polo Gastronômico de Teresina. A diversidade de restaurantes e bares nos tradicionais bairros do Jóquei, Ininga e São Cristovão se completam com atrações musicais para fechar 1 dia de visita pela capital do Piauí.