Cidadeverde.com

Castelo do Piauí e região com o guia que sabe de tudo

Mirante na região do Pico dos André. Foto: Augusto Junior Vasconcelos

 

Seguindo os roteiros com os guias do Piauí, o especial chega a Castelo do Piauí. Quem apresenta a região é Augusto Junior Vasconcelos, mas que poderia ter o sobrenome turismo. Professor de Geografia e trabalhando como condutor há mais de 15 anos, ele já acompanhou vários jornalistas nacionais como Fernando Gabeira, Francisco José e Cristiane Dias pelos atrativos.

 

Veja as dicas de Oeiras com a guia local

 

O trabalho de Augusto no turismo começou em um curso ofertado pela Prefeitura de Castelo e pelo Sebrae. Ao final das aulas sobre assuntos como atendimento, inglês básico para turismo e arqueologia os alunos decidiram fundar a Associação dos Condutores de Turistas de Castelo (Condatur). Não houve muitos cursos depois mas a instituição existe até hoje. Para contratar um guia basta entrar em contato pelo Facebook ou pelo telefone (86) 998420052. As diárias vão variar de acordo com o tamanho do grupo. Quando este tem mais de 5 pessoas, custa R$10 reais por integrante. Se forem menos de 5, geralmente a taxa é de R$90 reais para todos.

Roteiro do Especialista

Todos os roteiros dessa sequência de postagens começarão a partir de meio-dia da sexta e irão até meio-dia do domingo, o que seria equivalente a 2 diárias na cidade.

Banho natural e água bem transparente na região do Rio São Miguel. Foto: Augusto Junior Vasconcelos

Sexta-feira

Para se recuperar da viagem e já fugir do calor, a dica da tarde do primeiro dia é seguir para o Esporão Eco Park, também conhecido como Canyon do Rio São Miguel. O local é um banho de águas naturais bem transparentes que funciona em área particular e precisa de agendamento com um guia da Condatur. Próximo a ele, Augusto destacou o Poço da Sambaíba.

 

Piripiri e Sete Cidades por quem conhece em detalhes

 

Sábado

Augusto acompanhando Fernando Gabeira na Pedra do Castelo

 

O segundo dia de viagem é reservado para um dos cartões-postais locais, que é a Pedra do Castelo. Um guia pode tornar a experiência mais completa porque conhece as histórias que relacionam o atrativo à religiosidade e à arqueologia. Depois de uma trilha de 2km, pode-se curtir o visual do Mirante das Arraias e tomar um banho no lago que tem uma cachoeira apenas durante o período chuvoso, mas que nunca seca.

No final da manhã faz-se um pequeno City Tour e na tarde segue-se para a região do Picos do André, que fica a 25km. Além de diversas formações rochosas impactantes, o local é um dos recintos com maior quantidade de Pinturas Rupestres ficando abaixo apenas da Serra da Capivara.

Domingo

No último dia é preciso acordar cedo para ir ao famoso Cânion do Rio Poti. A parte mais visitada fica no município de Buriti dos Montes, a 55km de Castelo. Depois de cerca de 1 hora de estrada, chega-se à Fazenda Enjeitada, que serve de ponto de apoio no local. Lá são oferecidas 2 possibilidades de passeio. Uma com lancha coberta e outra em uma canoa de alumínio. Cada uma tem seus benefícios. Na primeira existe mais conforto, mas o passeio demora menos tempo, é mais caro e não percorre uma grande área. Na canoa existe segurança e maior liberdade para conhecer mais lugares e controlar o tempo. Depois de curtir o cânion é hora de voltar para casa.