Cidadeverde.com

Agroempresário suspeito de tráfico é morto com quatro tiros na cabeça

O agroempresário Darlan Araújo foi morto com pelo menos quatro tiros na cabeça em uma loja de produtos agropecuários no Centro de José de Freitas, município a 48 km de Teresina. De acordo com o delegado titular do município Hildson Rodrigues,  ele já era conhecido da Polícia e havia sido preso duas vezes  por roubo e tráfico de drogas. Ele era suspeito de ser o financiador do tráfico de drogas na região e não há dúvidas para a Polícia que trata-se de uma execução.


Foto enviada pela Secretaria de Segurança Pública

"Ele estava comprando ração pro gado dele em companhia da esposa quando dois homens em uma moto chegaram. Um deles de capacete, desceu da moto e deu pelo menos quatro disparos na região da cabeça dele. Ele estava com a esposa que assistiu tudo", relatou o delegado.

Após a execução, a dupla fugiu de moto e a Polícia iniciou as diligências para identificar os suspeitos. A área foi isolada e a perícia criminal realiza os primeiros levantamentos na loja.

Segundo o delegado, o motivo da execução ainda é desconhecido, então ainda não há suspeitos. "Não sabemos ainda o motivo da morte, mas pode ser algo relacionado ao passado dele", completou. O corpo de Darlan será trazido pelo Instituto Médico Legal para Teresina.

Antecedentes

A última prisão de Darlan ocorreu em agosto desse ano durante a Operação Livramento em José de Freitas. 16 pessoas chegaram a ser presas. Darlan possui uma fazenda às margens da PI 113 que conta com pontos comerciais e tanques de peixes. No imóvel foram encontradas uma espingarda calibre 20, que o suspeito afirmou ser usada apenas para proteção pessoal.

Em entrevista durante a operação o delegado Matheus Zanatta, afirmou que o suspeito é de alta periculosidade e possui um alto patrimônio econômico financiado pela comercialização de entorpecentes. 

"Foram seis meses de investigação e conseguimos elementos informativos que na cidade funciona um verdadeira organização criminosa que atua no tráfico de drogas. Até agora já prendemos 15 pessoas e até o meio-dia mais pessoas deverão ser capturadas. O Darlan tem um sítio bem estruturado e alto poder aquisitivo adquirido através da comercialização de entorpecentes. Ele conseguia a droga em Teresina e revendia em José de Freitas", disse Zanatta. 

No sítio de Darlan, os policiais encontraram uma espingarda calibre 20 municiada. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito já havia sido preso, anteriormente, na operação Alcateia desencadeada para combater criminosos especializados em saidinhas de banco e grandes roubos. 


Sítio de Darlan durante Operação Livramento

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com