Cidadeverde.com

Partidos esperam decisão do governador sobre comando de secretarias

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

A decisão do grupo de seis deputados estaduais de deixar as secretarias que ocupavam para retornar à Assembleia Legislativa do Estado, repercute na base aliada. A dúvida que se levanta agora é com relação ao comando das pastas.

Os deputados afirmam que vão continuar na Assmebleia até o final do ano. Com isso, os suplentes que perderam as cadeiras na Casa desejam ocupar as secretarias. 

No MDB, o líder da legenda, deputado João Madison, afirma que os partidos esperam uma decisão do governador sobre o destino das secretarias. 

“Eles resolveram voltar. Temos que respeitar. Vamos esperar porque eles falam em votar o orçamento e o projeto do empréstimo. O mandato é deles e não podemos fazer nada. Se não desejarem voltar, terão que conversar com o governador. Se o governador quiser deixar a indicação deles, ótimo. Se achar por bem rediscutir, é uma decisão do governador. 
Como líder do partido vamos defender nosso partido e colegas deputados”, afirmou.

Estão sendo comandas por secretários interinos as pastas de Mineração, Infraestrutura, Fundação Hospitalar, Cultura, Turismo e  Sasc. Com isso deixaram a Casa os suplentes Elizângela Moura (PT), Warton Lacerda (PT), Cícero Magalhães (PT), Ziza Carvalho (PT), Belê Medeiros (Progressistas) e B. Sá (Progressistas).