Cidadeverde.com

Com pandemia, prefeito Firmino indicará técnicos para substituir secretários

Foto:Arquivo/CidadeVerde.com

As eleições de outubro estão mantidas até o momento. Com isso, os partidos e pré-candidatos devem ficar atentos ao calendário eleitoral. No sábado (04), se encerra o prazo para que quem ocupa cargos no executivo e deseja ser candidato a vereador, peça exoneração.

Na Prefeitura de Teresina, a legislação eleitoral provocará a saída de vereadores que ocupavam secretarias. São eles: 

Venâncio Cardoso (PSDB)  - Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo;

Caio Bucar (Republicanos) - Empresa Teresinense de Serviços Urbanos (ETURB);

Samuel Silveira  - Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi);

Evandro Hidd -  SDU/Sudeste;

 Zé Filho - Secretaria de Juventude;

O vereador Ricardo Bandeira segue na Secretaria de Economia Solidária já que não concorrerá à reeleição. 

De acordo com o secretário de Governo Fernando Said, o prefeito deve anunciar os substitutos a partir da próxima semana. Porém, os indicados serão técnicos e de pessoas que já fazem parte da administração municipal. 

“Primeiro estamos esperando que os secretários oficializem  os pedidos de exoneração. Eles devem fazer de hoje para amanhã  porque o último prazo é no sábado (04). Até amanhã eles devem protocolar os pedidos. Com essa questão do coronavírus não foi possível tratar disso ainda. Qual é a linha de pensamento? É que o prefeito vá indicar pessoas que são da área e que já estão na  secretarias. Não teria muito sentido que fosse diferente porque temos um mandato até dezembro. E não faz sentido trazer gente de fora no momento de dificuldade que vivemos. Nessa crise a pessoas teria que se adaptar. É melhor colocar alguém da própria máquina, que já conheça como todo funciona”, destacou. 

Segundo Said, nenhum nome foi definido até o momento. “Sai um determinado secretário, vai se analisar quem é o chefe de gabinete dele, quem é o secretário-executivo, quem é a pessoa que consegue tocar a secretaria. Essa vai ser a linha de colocar pessoas técnicas, ligadas a máquina para que ela continue funcionando sem nenhuma interrupção. Não tem nenhum nome definido”, destacou. 

Além dos vereadores, outros nomes da administração devem pedir exoneração para serem candidatos. É o caso de

Paulo Dantas (PSDB) - Instituto de Previdência do Município de Teresina (IPMT);

Paulo Lopes (PSDB) - SDU/Sul 

Eduardo Aguiar - Empresa de Processamento de Dados de Teresina "Prodater";

  O presidente da Fundação Wall ferraz, Sheyvan Lima (Solidariedade) já pediu o afastamento. Além desses, outros nomes deverão se afastar nos próximos dias. 

“Outras pessoas que comentam que tem o desejo de serem candidato. Por exemplo a Rogéria da Habitação, o Daniel do Asfalto, O Paulo Dantas do IPMT, o Paulo Lopes da SDU/Sul. Se eles pedirem exoneração, teremos que trabalhar substitutos para as áreas e com pessoas técnicas. Mudar motorista com o carro andando é ruim”, afirma.