Cidadeverde.com

Rodízio de carros no centro gera críticas na Câmara de Teresina

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O prefeito Firmino Filho (PSDB) deve baixar nas próximas horas decreto que institui rodízio de carros na região central da cidade. Na oposição, o vereador Dudu (PT) afirma que a medida trará grande prejuízo para a população que trabalha nos serviços essenciais. 

“Isso só demonstra a incapacidade da Prefeitura de Teresina em gerenciar o transporte  público, onde trabalhadores estão sofrendo  diariamente com o descaso do prefeito Firmino Filho (PSDB). Diante desse rodízio, só quem mais uma vez sai prejudicado, é a população e os trabalhadores dos serviços essenciais”, destacou.

Na base do prefeito, o vereador Venâncio Cardoso (PSDB) defende a medida. Ele alerta que  sem a diminuição na curva de casos da doença, não há possibilidade de reabertura do comércio. Com isso, Venâncio afirma que a medida foi acertada. 

“Se as pessoas não ficarem em casa, não haverá redução no número de infectados. O rodízio é para isso. Apesar da região do centro ser pouco habitada, a atividade comercial é intensa. E mesmo na quarentena, a prefeitura observou uma grande movimentação de veículos na região”, destacou. 

Pelo rodízio, os carros com as placas com final de número par só poderão circular nos dias de segunda, quarta e sexta. Os carros com número final de placa ímpar, só poderão circular terça, quinta e sábado. A proposta é reduzir o trânsito na região das avenidas Marinhão, Higino Cunha e Miguel Rosa.