Cidadeverde.com

Firmino fala de disputas na pandemia e diz que vírus deve ser o único inimigo

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O prefeito Firmino Filho (PSDB) voltou a pedir a colaboração da sociedade para que o processo de reabertura gradual da economia não sofra retrocesso. Firmino destacou os conflitos e críticas provocadas pelo isolamento social, mas afirmou que, neste momento,  o único inimigo deve ser o coronavírus. 

A política de combate ao vírus tem sido alvo de críticas e gerado polêmicas na capital. 

“É natural que ocorram conflitos e divergências de posição. Mas é meu papel  ter  responsabilidade e decidir pensando no interesse de todos.  Ainda vamos precisar conviver com esse vírus por um bom tempo. Isso vai demandar muita paciência, capacidade de adaptação, esforço e coragem para enfrentar esse inimigo. Não me canso de dizer que é o único inimigo que temos. Não cabem concorrentes ao vírus”, afirmou. 

Firmino Filho destacou o processo de reabertura que se inicia hoje com a construção civil e a indústria. Ele explica que as próximas etapas só irão ocorrer se for constatado que não houve um desequilíbrio provocado pelo retorno. 

“Daremos um passo rumo à abertura lenta e gradual de algumas atividades. Nessa primeira fase poderão abrir setores como construção civil e indústria. São atividades que conseguem facilmente se adaptarem aos protocolos de segurança.  Essencial que fiquem todos atentos  para seguir e cobrar essas medidas. Outras atividades como shoppings, escolas, restaurante e bares permanecem fechadas. O comportamento do vírus depende do comportamento de cada um de nó0s. O isolamento social continua valendo. Só saia se for essencialmente necessário. A próxima etapa da abertura será dia 13, mas só será iniciada se confirmarmos que  podemos realmente dá esse passo adiante”, destacou.