Cidadeverde.com

Dr. Pessoa diz que João Henrique se tornou “maestro” da pré-campanha e destaca união

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O pré-candidato do MDB a prefeito de Teresina, Dr. Pessoa,   reinicia a realização de atividades presenciais, que foram paralisadas devido à pandemia. Pessoa afirma que de todas as campanhas de que já participou, essa é a que  conta com o grupo mais unido e coeso. 

Ele destaca a união entre MDB, PSB e PRTB e diz que estará no segundo turno da disputa na capital.

“Não é só no MDB essa união. Mas no PSB e PRTB também. A união é total. Desde o ano passado que escolhi o vice, Robert Rios. O único problema que poderia existir era com o vereador Luiz Lobão. Tudo conversado, homem de partido, de raízes no partido e deve ser respeitado como respeito. Tudo certo com. Harmonia total. Outros poderão se unir. Estamos trabalhando. Graças a Deus que as coisas estão fluindo”, afirmou. 

Dr. Pessoa destaca a importância da coordenação da campanha, que vem sendo feita pelo ex-ministro João Henrique Souza. Segundo ele, agora a pré-campanha tem um maestro. 

“Ele tem o papel de agregar mais ainda forças para marcharmos unidos e com mais força. É um maestro. Ele sabe, é inteligente, preparado. Uma das melhores coisas  da minha campanha é tê-lo nessa organização da campanha”, destacou.

Para o segundo turno, Dr. Pessoa não descarta a possibilidade de dois nomes da oposição disputando o voto do eleitor. “Os dados estão aí. A probabilidade de ter uma disputa dentro da oposição é grande. Não estou desfazendo de ninguém. Mas existe sim essa possibilidade. Mas não vamos escolher  adversário. Seja da situação ou da oposição. Estamos preparados”, afirmou.

O pré-candidato quer aumentar a base de apoio e espera resposta de legendas como o PSL. “Estive duas vezes com o PSL. A conversa foi ótima. O Daniel França foi meu aluno. Quando ele veio à primeira vez com a esposa, conversarmos. Uma mulher muito inteligente a deputada  federal, Joice Hasselmann. Conversamos, foi muito agradável”, disse.