Cidadeverde.com

Em conversa com Júlio, governador pede lealdade de deputados progressistas

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

Terminou agora pouco a reunião entre o presidente estadual do Progressistas, deputado Júlio Arcoverde, e o governador Wellington Dias ( PT). No encontro, ele tentou explicar os motivos do rompimento e decidiu conversar com cada deputado progressista sobre a manutenção ou não no governo. 

Porém, colocou uma condição: para permanecer no governo, os deputados terão que jurar lealdade ao projeto político de Wellington Dias em 2020. Isso significaria um rompimento com o senador Ciro Nogueira, que já avisou que será candidato a governador.

Á coluna, o deputado Júlio Arcoverde disse que o partido deixará a escolha a cargo de cada deputado.

"Não vamos obrigar ninguém a fazer nada. Não haverá perseguição. Fica a decisão para cada deputado", afirmou.

No Progressistas, o deputado Hélio Isaías ocupa a pasta dos Transportes, Wilson Brandão a Mineração, Firmino Paulo a Adapi, A deputada federal Margarete Coelho indicou a irmã, Sádia Castro, para a pasta do Meio Ambiente.  

Cada deputado do partido terá uma reunião individual com o governador. Após essa etapa, o senador Ciro Nogueira convocará a bancada para uma conversa.