Cidadeverde.com

Alepi inicia apreciação do orçamento de 2021 com crescimento de 1,69% em relação a 2020

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

Foi lida no plenário da Assembleia Legislativa do Estado, a proposta do Orçamento Geral do Estado para 2021. A receita total do Estado do Piauí estimada para o exercício financeiro de 2021 prevê crescimento de 1,69% em relação ao total previsto para este ano.

A receita bruta estimulada para 2021 é de R$ 16.204.233.045.  Após as deduções previstas em lei como as contribuições do Estado ao Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e as transferências constitucionais aos municípios, as receitas líquidas ficam em R$ 13.327.663.455.

O governo afirma que a pandemia do novo coronavírus impactou profundamente a economia do Piauí, com o fechamento de empresas. Com isso, a geração de emprego e renda caiu e impediu que a expectativa de que o Produto Interno Bruto fosse maior.

A fonte de recursos próprios ficou praticamente igual ao previsto para este exercício, com uma leve queda. O texto será submetido à apreciação da Comissão de Fiscalização e Controle, Finanças e Tributação, antes de ser votada pelo Plenário. A data deve ser votada até o início do recesso parlamentar em dezembro.