Cidadeverde.com

Fábio Abreu diz que vai buscar gestão integrada com Wellington Dias e Bolsonaro

Foto: RobertaAline/Cidadeverde.com

O candidato do PL a prefeito de Teresina, Fábio Abreu, afirma que se eleito, buscará uma gestão integrada. Abreu afirma que administrará a capital em parceria com o governo de Wellington Dias e com a administração do presidente Jair Bolsonaro. 

Segundo Fábio Abreu, Teresina não pode ser administrada como uma ilha. Ele afirma que disputas políticas não podem prejudicar à administração da capital. 

“Temo uma proximidade com o governador Wellington Dias. Fui secretário no governo dele. Tenho essa boa relação e vou manter essa relação ao ser eleito. Não só com o governador, mas também, com o presidente Jair Bolsonaro. Enquanto instituição de um município que precisa dessa integração, vamos buscar. É isso que um prefeito precisa fazer”, disse.

Abreu se diz confiante de que a oposição levará dois nomes para o segundo turno na capital. 

“Têm vários tipos de pesquisas. Sou bastante enfático com as pessoas que fazem parte do nosso grupo que a verdadeira pesquisa é com o povo. O que observamos é a tendência de que a oposição faça os dois candidatos para o segundo turno. Observo o sentimento de mudança e nossa campanha representa essa mudança. Trabalhamos com propostas reais”, afirma. 

O candidato do PL também demonstrou preocupação com a possibilidade de avanço da covid-19. Ele que já teve a doença, afirma que faz uma campanha seguindo todas as recomendações da vigilância sanitária. 

“Na reta final, infelizmente, temos algumas situações de possibilidade de restrições com relação à covid-19. Vou acompanhar o que for previsto pela lei. Se tivermos uma norma restritiva, vamos acompanhar as autoridades sanitárias. Enquanto isso estamos com ritmo normal, aumentando a quantidade de caminhadas. Observamos a receptividade das pessoas. Isso fez com que colocássemos nossas propostas mais perto das pessoas com caminhadas e minicarreatas”, destaca.