Cidadeverde.com

Na reta final do 2º turno, Kleber e Dr. Pessoa vão às lágrimas durante campanha

Os ânimos têm se acirrado no segundo turno da disputa pela Prefeitura de Teresina. Ataques e trocas de acusações levaram os dois candidatos – Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB) – às lágrimas em eventos políticos na manhã desta sexta-feira (20). . 

Kleber chorou ao afirmar que familiares estão sofrendo ataques nas redes sociais. Ela afirma que a vida da ex e da atual esposa estão sendo vasculhadas.

“Sou vítimas de ataques sórdidos nas redes sociais. Disse isso no início da campanha. Isso é lamentável. Defendo os valores. Defendo a família e nunca fiz uma acusação a nenhum dos outros candidatos. Seja no plano pessoal e nem no plano familiar. Atacam minha família. Estão querendo desestabilizar emocionalmente minha família. Familiares meus chegam para conversar chorando. Digo a eles que suportem. A cidade de Teresina tem um grande projeto. No dia 29 vai se encerrar, se for projeto de Deus, serei prefeito de todos. O prefeito do diálogo e da concórdia e união", destacou.

Do outro lado, Dr. Pessoa também foi às lágrimas durante evento em que recebeu apoio do PSC. O candidato se emocionou ao lembrar da origem humilde e de ataques que estaria sofrendo. 

“Sou filho de lavradores. Meu pai era  cego e era minha mãe que nos levava para roça. Todos analfabetos até 15 anos. Recebi a missão de serviço. Esses tiranos e  oligárquicos que estão ai foram em busca de saber se tinha algo ruim na minha história. Se eles  não tivessem roubado,  teria vencido em 2018”, disse emocionado.