Cidadeverde.com

Novo reitor da UFPI quer nomes experientes na equipe como Washington Bonfim

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

A equipe de transição do novo reitor da UFPI, Gildásio Guedes, encerra os trabalhos ainda esta semana. Ao mesmo tempo, ele forma a equipe que vai levar a administração da Universidade Federal do Piauí pelos próximos quatro anos. 

De acordo com aliados, uma das preocupações é contar com nomes com vasta experiência dentro da própria instituição, como Luís Carlos Sales – cotado para a Pró-Reitoria de Planejamento.

Mas Gildásio quer na assessoria da reitoria nomes da casa e com experiência fora da UFPI. Entre os nomes que podem compor a equipe estão os professores Fenelon Rocha, que foi secretário no governo do Estado, e Washington Bonfim, que foi secretário na Prefeitura de Teresina.

As definições devem acontecer até o final de semana. Gildásio Guedes quer nomear os novos assessores na próxima terça-feira, dia primeiro de dezembro. Essa semana de “espera”, segundo pessoas próximas ao reitor, tem duas razões: a primeira, ganhar tempo para compor a equipe sem pressa. A segunda, economizar, já que nomear agora geraria um salário extra para os novos nomeados.