Cidadeverde.com

Disputa por espaço na Mesa Diretora da Câmara segue sem consenso

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

A eleição para a escolha do presidente e da nova Mesa Diretora da Câmara ocorre dia 1º de janeiro. Porém, os partidos ainda não conseguiram chegar a um consenso sobre  a ocupação das vagas na Mesa.

As disputas são principalmente pelos principais cargos da Mesa. A primeira vice-presidência é disputada por PT e PSDB. Os petistas indicaram o nome do vereador Deolindo Moura. Os tucanos indicam o nome do presidente Edson Melo. 

Na disputa pela primeira secretaria estão PSL e PDT. O PSL indicou o nome da vereadora Teresinha Medeiros. O PDT indicou o presidente Evandro Hidd.

Na próxima semana, novas conversas irão correr. A reeleição de Jeová Alencar já se encontra garantida. Não haverá adversário. Porém, o objetivo é evitar a disputa pelos demais cargos. 

“Estamos em construção. Procuro o consenso. Vamos buscar o espaço das bancadas, das minorias, das mulheres e vamos procurar o consenso. Existe uma disputa entre a primeira vice e a primeira secretaria. O regimento diz que temos que garantir o espaço proporcional às bancadas tanto quanto possível. Isso quer dizer que qualquer vereador tem o direito de querer buscar um espaço, se não houver o consenso, vamos para o voto. Quem tiver a maioria será o escolhido”, afirma.