Cidadeverde.com

“O senador Ciro Nogueira é meu líder”, diz deputada Margarete Coelho

Foto: Arquivo/CidadeVerde.com

Na disputa entre o governador Wellington Dias (PT) e o presidente do Progressistas, senador Ciro Nogueira, a deputada Margarete Coelho diz que segue o progressistas. Em entrevista, Margarete afirma que Ciro é “meu líder”.

Apesar do partido ter rompido com o governo de Wellington Dias (PT), Margarete seguem com cargos na administração estadual. Ela indicou a irmã Sádia Castro para a pasta do Meio Ambiente. 

“Sou do Progressistas. Nunca ninguém pode colocar isso em dúvida. Ser do Progressistas não me impede de me relacionar com outros partidos e com outras lideranças. De toda forma, trabalhar pelo Piauí independente de quem seja o governador. Mas realmente tenho uma amizade pessoal com o governador Wellington Dias. Sempre mantive essa relação com ele, mas meu partido é o Progressistas. Enquanto conseguir manter nossa base unida. Manter Ciro e Wellington trabalhando pelo Piauí, esse será meu trabalho. Sou progressistas e antes de todos que estão aí estive no Progressistas, eu já era do partido. O senador Ciro é meu líder”, afirma.

Sobre as declarações do deputado estadual da sigla, deputado Júlio Arcoverde, de que os deputados que ainda permanecem no governo terão até o mês de junho para tomar uma posição, Margarete diz que é um posicionamento pessoal, que não reflete a decisão do partido. Ela afirma espera que um diálogo possa ser possível. 

“Que eu tenha conhecimento, o partido não se reuniu para tomar esse tipo de decisão. Essa é uma posição pessoal do jornalista Júlio Arcoverde. Mas não entendo como posição do partido. Para ser do partido, precisa ser reunida a Executiva. Antes de tomar esse tipo de atitude, Júlio reunirá a Executiva. Ele não tomará isso de supetão como uma postura pessoa dele. Não espero isso dele. Vi a declaração. Mas sei que é uma manifestação pessoal e não do partido”, destaque.