Cidadeverde.com

Após reunião com Themisstocles, Dr. Pessoa diz fazer esforço para ficar no MDB

Foto: RobertaAline/Cidadeverde.com

O prefeito Dr. Pessoa afirma fazer "um esforço" para se manter no MDB. Ele esteve reunido com o deputado Themístocles Filho e outros nomes do partido em um jantar que buscou amenizar o clima de tensa na sigla.

Segundo Dr. Pessoa, o momento não foi de cobrança, mas de uma conversa amistosa com os colegas de partido. 

"O Dr. Pessoa tem uma estrada própria. Mas estou no partido e na política. Na política não pode ter calundu. Fomos conversas. O Themístocles fez o convite para juntarmos na casa dele. Estava muito bom. Não conversamos nada específico de política. Foi generalizado e descontraído. Foi uma conversa muito satisfatória. Quando se vive em sociedade e dentro de casa tem arrestas. Mas sempre digo que ninguém me coloca dentro de gaiolas. A intenção não foi essa. Foi uma conversa descontraída. Não foi para puxar orelha e nem para traçar planos futuros. Estava bem descontraído que falei até piadas", afirmou. 

Patriotas
Em busca de uma harmonia com o MDB, Dr. Pessoa diz não pensar em deixar a água agora. Ele recebeu convites do Patriotas.

"Não passou pela minha cabeça. No passado, o presidente do Patriotas entrou em contato comigo. Fui convidado várias vezes. Agora se tiver novo pensamento em me convidar para ser presidente, vou respeitar, mas no momento estou no MDB e trabalho. Tem algumas coisinhas, mas trabalho para não sair do partido. Pode conversar comigo.  Seria uma honra o convite. Sou capaz de dialogar e conversar", destacou. 

Candidatura a governador
Sobre a possibilidade de ser candidato a governador, o prefeito descarta. "Minha vontade e que todos trabalhem juntos por Teresina. Uma administração em conjunto. Estamos em um país Republicanos. Sejam bem-vindos do Progressistas, MDB, PT. Meu foco principal neste ano é a cidade de Teresina. Se ajudar, ajuda a mim e todos os necessitados", disse.

Crise com a Câmara 
Dr. Pessoa também falou da crise com a Câmara de Vereadores. Na sessão de ontem, os vereadores não aprovaram o nome do advogado Marcio Alan Cavalcante para a Arsete. 

Ele foi sabatinado, mas no fim da sessão, não havia quórum para a votação. Dr. Pessoa diz que tudo não passou de um mal entendido.

O prefeito acredito no diálogo com a casa.

"Costumo dizer que os Poderes são independentes e fecham caminhar harmônicos. Já fui vereador por quatro vezes. Os vereadores de agora têm uma qualidade altíssima. Tem muito conhecimento. Tenho certeza que foi alguma coisinha boa. Dr. Alan é um advogado muito focado no social. Ele vive para servir. A família toda. Foi uma coisa pequena. Os meus ex-colegas vão ajudar Teresina. Só vai para oposição quem quiser mesmo. Caso contrário, vamos andar juntos", disse.