Cidadeverde.com

Partidos começam a estabelecer teto de votos para chapas de 2022

Os partidos já trabalham a forma das chapas proporcionais de 2022. Algumas legendas já falam em estabelecer teto de votos, como ocorreu na eleição municipal em que as coligações proporcionais foram proibidas. 

É o caso do PSL. A legenda estuda fazer uma chapa sem nomes com grande projeção  de votos.

"Estamos com um plano de ação para ser executado durante os 12 meses. Ontem fizemos a primeira reunião com a participação  do presidente Sérgio Bandeira, e também, os vereadores Enzo e Zé Filho. Vamos conversar com homens e mulheres de bem. Temos a meta que para ser candidato a federal não pode ter mandato e no máximo tenha tido 25 mil votos na eleição passada. Vamos convidar os ex-vereadores Joninha, Major Paulo Roberto, entre outros. Vamos conversar. Serão 12 meses para buscar 10 homens e 5 mulheres para fazer a chapa", disse.

No caso do diretório municipal comandado pelo médico Daniel França, Luis André afirma que alguns cargos terão mudanças. 

"A comissão provisória municipal vai ser renovada. Ele está viajando. Mas vamos renovar e de seis em seis meses fazendo mudanças de cargos estratégicos com pessoas como ex-prefeitos e mulheres de destaque", afirmou