Cidadeverde.com

Júlio Arcoverde afirma que pré-candidatura de Ciro manterá grupo político unido

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O presidente estadual do Progressistas, deputado Júlio Arcoverde, confirma para o dia 26 o lançamento da pré-candidatura do senador Ciro Nogueira a candidato a governador em 2022. Segundo ele, todos os esforços estão voltados para manter unido o grupo político que tinha a liderança do ex-prefeito Firmino Filho (SPDB) na capital. 

Segundo Júlio, devido à pandemia da covid-19, o lançamento irá ocorrer de forma híbrida. 
"Conversando com o senador Ciro, vários deputados e líder do interior, sabemos do momento da pandemia, vamos fazer um  comunicado de pré-candidatura do senador Ciro. Vai ser hibrida com poucas pessoas presenciais e outras de forma remota. Temos que fincar nossa bandeira de oposição. O momento adequado é agora. Depois dessa tragédia  com a morte de Firmino,   precisamos seguir unidos para manter as mudanças necessárias. Guardado o tempo necessário e o tempo é de comoção", destacou.

Com relação à união do partido em torno do nome de Ciro, Júlio afirma que o senador não vai pressionar nenhum deputado a tomar qualquer decisão antes de 2022.

“O diretório municipal tem independência de decidir como proceder na Câmara. Pelo o que conversei com vereadores e suplentes, o entendimento é a oposição. Quem tiver um pensamento diferente, fique como independente. Mas o sentimento maior do partido a nível municipal é a oposição.  Em relação ao estadual, já dei minha opinião que achava que ter um prazo para união dos deputados. O senador Ciro entende que isso só pode ocorrer em 2022. Como ele é o nosso candidato e leva nossa bandeira, respeitamos a bandeira dele. Meu entendimento cm relação a isso é diferente. Mas respeito a opinião dele em aguardar a posição dos deputados até 2022”, disse.

Firmino

Sobre o impacto da perda do ex-prefeito, Júlio destaca que o grupo político deve se manter unido. 

“Não só o senador Ciro, mas todo o Piauí e Teresina contavam com o prefeito Firmino Filho. Infelizmente houve essa tragédia, mas precisamos fazer dessa tragédia um momento de união das pessoas que querem mudar o Piauí. Estamos em um processo de conversa com lideranças que faziam parte do projeto tucano e fora do governo tucano, trazendo pessoas para o nosso grupo para nos unir nesse sentimento de oposição. Sempre contamos com o Sílvio Mendes até porque pela sua experiência e sensatez, a deputada Lucy, todos aqueles que viveram com Firmino e sabem desse projeto. Precisamos de todos unidos para juntos PSDB, Progressistas e outros partidos que compõe a prefeitura, possa formar um grupo em homenagem a Firmino”, falou.

João Vicente

Júlio Arcoverde afirma que o partido espera contar com o apoio do ex-senador João Vicente Claudino. Ele é cotado para assumir uma vaga na chapa majoritária que será encabeçada por  Ciro Nogueira. 

“Temos indícios de que ele comunicou a alguns deputados que deseja seguir para oposição. Ele conversa com o Ciro e acredito que deverei me reunir com ele essa semana. Acredito que o João é um quadro que nenhum partido pode dispensar. Ele é um empreendedor, filho de um dos maiores empresários do Piauí, engrandece qualquer projeto e não pode ficar de fora”, disse.