Cidadeverde.com

Marcelo Castro diz que não é candidato e destaca nome de Rafael Fonteles

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O presidente estadual do MDB, senador Marcelo Castro, afirma que se coloca como pré-candidato a governador do Piauí. Segundo ele, as definições do nome que representará a base aliada do governador Wellington Dias (PT) ocorrerá apenas no próximo ano. 

“Não me apresento como candidato a governador. Digo isso desde o primeiro dia em que fui eleito. Meu foco é fazer um bom mandato de senador. Evidente que somos políticos e discutimos o futuro de seu estado, país. Sempre que políticos se encontram, discutem as próximas eleições. Quem falar o contrário, fala longe da realidade. Discutimos política todo dia e as coisas vão se acomodando. O ano das definições era 2022. Hoje os nomes são falados e especulados. Vamos fazendo articulações políticas e vai repercutindo na opinião pública, mas o ano da definição é 2022”, disse.

Marcelo afirma, que no momento,  que Rafael Fonteles seja o nome mais forte para representar a base aliada. “O nome do Rafael Fonteles é um excelente nome que compõe a base do governador. Somos um grupo amplamente majoritário no estado do Piauí. Acho que ele é um dos nomes que poderia perfeitamente  representar esse grupo”, destacou.