Cidadeverde.com

Câmara de Teresina aprova requerimento que pede rescisão de contrato com Setut

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

A Câmara de Teresina aprovou requerimento do vereador Dudu Borges (PT), que pede a rescisão do contrato do transporte público da capital com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut). De acordo com a proposta, a prefeitura deve abrir uma nova licitação para que outras empresas possam prestar o serviço na capital. 

O vereador afirma que o Setut descumprir o contrato e humilha os usuários da capital. 
“Temos um Setut onde reúne os empresários de ônibus e humilha a população, humilha os trabalhadores e não merece mais o respeito do diálogo. É judicializar e romper esse contrato. Uma licitação é feita de direitos e deveres. Agora estão aplicando um golpe na população. Ele sabendo que quando é deflagrada a greve tem como o município se organizar, tem como o município e a população se organizar. Estão deixando o trabalhar sem ônibus. Queremos que a procuradoria da Câmara possa judicializar esse problema e pedir a rescisão do contrato.  Se eles não querem  e não tem capacidade que possam abrir vaga para quem quer”, disse.

Dudu afirma que não se pode mais buscar o diálogo com o Setut. “Que seja feita uma nova licitação e chamamento público de urgência. Faz uma forma que possamos ter quem quer trabalhar. A passagem é cara e eles s[ó falam em prejuízo. É mentira. Se fosse verdade, eles já teriam saído”, destaca.

O vereador Edson Melo (PSDB) chegou a propor a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).  “Eu voto a favor do requerimento do vereador Dudu. Mas se fosse por mim fazia logo uma CPI, para investigar a fundo”, disse. 

Em nota, o Setut lamentou a decisão e disse que o transporte público está sendo tratado com acusações levianas.

O SETUT lamenta profundamente que as discussões tão importantes relacionadas ao setor de transporte público na capital sejam tratadas com acusações levianas e completamente distantes da realidade do sistema, com as quais o vereador Dudu, tenta tão somente ganhar visibilidade política. 

Houve uma audiência pública na Câmara de Teresina há dois meses, onde se discutiu diversos aspectos do sistema e, ao final, ficou acertado de se manter o debate, com vistas à busca de sua melhoria.

A entidade reitera sua disposição em debater as urgentes soluções de melhoria para o transporte de Teresina, com base em números, na lei de licitação que estabeleceu esse modelo adotado na capital e nas regras contratuais previstas.