Cidadeverde.com

Governador lamenta 500 mil mortes por covid-19 e critica burocracia para aquisição de vacinas

 

O governador Wellington Dias (PT) lamentou o número de 500 mil mortes de covid-19 alcançadas pelo Brasil. Wellington também protestou e pediu mais vacinas para acelerar o processo de imunização no país. 

Segundo ele, essa é a única forma de frear as mortes provocadas pelo novo coronavírus. 

“500 mil de vidas perdidas em razão da covid-19. Não é só um  número, se trata na verdade de seres humanos. Estamos falando de pessoas com histórias. Artistas, profissionais, urbanos, rurais, homens e mulheres. Estamos falando dos que ficaram aqui e abalados com as perdas dos seus entes queridos. Esposos, esposas, filhos, filhas, netos, amigos, fãs, é disso que se trata. Temos que focar mais do que nunca no que pode salvar vidas para evitar a tragédia maior ainda. Garantir vacinas. Variadas vacinas para mais vacinação”, destaca.

O governador criticou a burocracia para a aquisição das vacinas no país. Segundo ele, nada deve ser maior do que a urgência pelas vacinas e pede um pacto pela vida. 

“Não podemos ter a burocracia ganhando do pacto pela vida. A vida tem que está em primeiro lugar. Até em memória das pessoas que perderam suas vidas temos que trabalhar para salvar as vidas que aqui ainda estão”, afirma. 

O dia foi de protestos em todo o Brasil. Os manifestantes pedem o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e cobram urgência  no processo de vacinação do país.